Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Você e seu cônjuge brigam sempre pelos mesmos motivos? Tente esta oração

WEB 3 COUPLE-ARGUMENT
SHUTTERSTOCK
Compartilhar

Rezar também é um ato de amor

Todos os casais não têm um desacordo “favorito” ao qual voltam repetidamente. Essas brigas podem ser motivadas pelo dinheiro, pela interferência dos sogros, sobre quem vai buscar as crianças no futebol… Enfim, do menor detalhe pode surgir sempre um desentendimento.

Essas discussões são um problema comum aos casamentos, mas podem fazer o marido ou a mulher se sentir tremendamente isolada(o).

Isso acontece no seu casamento? Então que tal tentar uma poderosa oração de 11 palavras? Reze:

“Senhor Jesus Cristo, filho de Deus, tem piedade de mim, pecador.”

Os cristãos têm se apoiado na prática de recitar essa oração, amplamente conhecida no mundo católico oriental como a “Oração a Jesus”, desde o século XIV.

Descobri essa arma secreta quando o bispo Robert Barron recomendou-me o livro Relatos de um Peregrino Russo. Trata-se da história de um viajante que se esforça para seguir a ordem de Jesus de “orar sem cessar”.

Aqui está como eu uso essa oração poderosa quando meu marido e eu estamos discutindo repetidamente sobre finanças. Eu recito a oração, rezando-a por mim e depois pelo meu marido, colocando o nome dele no final:

“Senhor Jesus Cristo, filho de Deus, tenha piedade de Pete, um pecador.”

Pronto! – a minha raiva passa. Ok, talvez não instantaneamente. Ou completamente. Às vezes eu tenho que me esconder e meditar nas palavras repetidas vezes – clamando a Deus por mim, por ele,  pelos meus adolescentes que entraram na discussão, e lentamente … bem, eu me acalmo um pouco .

Veja bem, não estou prometendo uma cura mágica. No entanto, estou compartilhando uma dica espiritual que nos ajudou a realizar algum progresso. Isso não parece melhor do que ficar ressentido? Ao escolher invadir o céu para seu cônjuge, você está assumindo o controle da situação em algum nível; você está levando a si mesmo, seu casamento e sua família para uma nova e poderosa direção.

Santa Teresa de Ávila disse: “A oração é um ato de amor”, e eu sempre reflito sobre sua sabedoria quando rezo a “Oração a Jesus” por meu marido. Porque, honestamente, sinto meu amor por ele aumentar cada vez que digo seu nome em oração, independentemente do que está acontecendo. Além disso, ao invocar a misericórdia de Deus para mim e para meu marido, estou admitindo que somos ambos pecadores, que precisamos desesperadamente da ajuda sobrenatural de Deus.

Mais uma vez, não estou prometendo uma cura mágica instantânea, mas posso dizer que a última vez que Pete e eu tivemos uma discussão, eu me escondi na lavanderia (como uma lagarta em um casulo) e depois de muitas e muitas repetições dessa oração, encontrei um novo conjunto de asas.

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.