Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 03 Março |
Santa Cunegundes
home iconAtualidade
line break icon

Brasil confirma à Espanha que extraditará autor da ‘Matança de Atocha’

POLICE

T. McCoy - US Marshals-(CC BY 2.0)

Agências de Notícias - publicado em 05/01/20

A Justiça espanhola quer que García Juliá, hoje com mais de 65 anos, cumpra os 10 anos de prisão restantes da sentença de 30 anos

O Brasil notificou a Espanha que extraditará um dos autores do atentado de 1977, em Madri, conhecido como “Matança de Atocha”, preso em São Paulo em dezembro de 2018, informou o Itamaraty.

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou em 23 de dezembro que Carlos García Juliá, um dos responsáveis pelo ataque contra um escritório de advogados comunistas em que morreram cinco pessoas, já esgotou todos os recursos na Justiça brasileira.

O ministério brasileiro de Relações Exteriores informou que o presidente Jair Bolsonaro autorizou a extradição e que García Juliá está apto para ser entregue à Espanha em um prazo de 60 dias.

Este prazo começou a contar na quinta-feira, quando a embaixada espanhola em Brasília recebeu a notificação.

Segundo o Itamaraty, agora a Espanha deverá informar sobre os dados da escolta que virá ao Brasil para efetuar a retirada.

A Justiça espanhola quer que García Juliá, hoje com mais de 65 anos, cumpra os 10 anos de prisão restantes da sentença de 30 anos recebida em 1980 pelo assassinato de cinco pessoas.

Em 24 de janeiro de 1977, ele e outros três militantes de extrema direita invadiram o escritório com pistolas e assassinaram três advogados comunistas, um estudante de Direito e um funcionário.

A “matança de Atocha”, em referência à rua Atocha, onde ocorreu o crime, causou comoção na Espanha, que estava em transição para a democracia e era sacudida por atentados. Eles pesaram na decisão de legalizar o Partido Comunista alguns meses mais tarde.

Em 1991, García Juliá recebeu liberdade condicional e foi autorizado a viajar ao Paraguai, de onde fugiu e começou um périplo pela América do Sul.

Dez anos depois, em 2001, a Justiça espanhola pediu sua extradição para a Bolívia, onde teria sido detido, mas voltou a fugir, aproveitando-se de um benefício penitenciário.

Ele foi preso novamente em 5 de dezembro de 2018 em São Paulo onde, segundo a imprensa espanhola, ele trabalhava como motorista da Uber em São Paulo com identidade venezuelana.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
3
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
4
Kathleen N. Hattrup
O homem que beijou a testa do Papa diz que se curou em Lourdes
5
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
6
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da missa
7
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia