Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 23 Junho |
Santa Ediltrudes de Ely
home iconAtualidade
line break icon

Rios de Brumadinho seguem com marcas de desastre ambiental

BRUMADINHO

Vinícius Mendonça-Ibama-(CC BY-SA 2.0)

Agências de Notícias - publicado em 26/01/20 - atualizado em 26/01/20

Relatório detectou "concentração de metais pesados" em todo o rio Paraopeba

Os rios da região de Brumadinho, em Minas Gerais, continuam a mostrar as “profundas cicatrizes” do desastre causado pelo rompimento da barragem da Vale que matou 270 pessoas há um ano, de acordo com um relatório da Fundação SOS Mata Atlântica divulgado nesta quinta-feira.

“As cicatrizes profundas ainda estão abertas na geografia, no rio, nas pessoas e no meio ambiente”, disse a ONG após coletar amostras de água em 21 pontos nas bacias dos rios Paraopeba e do Alto São Francisco.

Em 25 de janeiro de 2019, a barragem da mina Córrego do Feijão rompeu vertendo milhões de toneladas de resíduos em questão de segundos no município mineiro de Brumadinho.

O relatório explica que nos 21 municípios analisados, a água coletada registrou vestígios de poluição que a tornam “imprópria” para consumo, afetando por tempo indeterminado as comunidades que dependem dos rios.

“O índice de qualidade da água obtido em 11 pontos foi ruim e em nove pontos, péssimo. Somente em um ponto, junto à barragem de Retiro Baixo, na margem direita, o índice obtido foi regular”, revela o levantamento, realizado nos primeiros dias de janeiro.

“Os índices de turbidez aferidos neste ano continuam em níveis elevados, ainda muito acima dos padrões definidos na legislação. Em 18 pontos de coleta no rio Paraopeba, os índices variam de 5 a 13 vezes acima dos limites máximos permitidos”, acrescenta o documento 35 páginas.

No total, 365 quilômetros deste rio continuam “impróprios” para consumo.

O Alto São Francisco mostrou traços de contaminação nos pontos analisados, sem permitir avaliar se houve algum impacto em outros pontos de sua bacia.

O relatório detectou “concentração de metais pesados” em todo o rio Paraopeba.

Também relata que foram encontrados traços de ferro, cobre, cromo, manganês e sulfato, entre outros metais, “em quantidades nocivas ao ambiente e à saúde humana, à fauna, aos peixes e aos organismos vivos”.

O impacto do desastre “é ainda mais perverso e silencioso” rio abaixo.

“Longe das máquinas, dos seguranças contratados para impedir o acesso às áreas contaminadas, confirma-se que muito pouco é feito pelo meio ambiente e pelos afetados”, destaca a SOS Mata Atlântica.

As variações climáticas podem dificultar ainda mais a recuperação da qualidade da água, diz o texto, que também enfatiza que a incerteza e a percepção da impunidade atormentam as comunidades afetadas pela tragédia.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
SPANISH FLU
Philip Kosloski
Os poderosos conselhos do Padre Pio durante uma pandemia na Itáli...
4
Gelsomino Del Guercio
Estuprada, queimada viva e salva pela chuva: mas o milagre maior ...
5
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
6
Frank Stephens Global Down Syndrome Foundation
Reportagem local
“Eu tenho Síndrome de Down e não deveria precisar justifica...
7
Imagem de Nossa Senhora intacta após explosão
Francisco Vêneto
Viraliza imagem de Nossa Senhora intacta após explosão de carro-b...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia