Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 27 Outubro |
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

Como superar a timidez e fazer amigos

SHY

Shutterstock | fizkes

Dolors Massot - publicado em 27/01/20

Pode ser difícil sair da sua concha, mas uma mudança é possível

Você é uma daquelas pessoas que gostaria de fazer amigos, mas fica paralisada na conversa e não consegue falar nada? Parece sempre um desafio ir a um evento social quando você não conhece ninguém? Nesse caso, aqui estão algumas ferramentas que podem ajudá-lo(a) a superar a timidez e situações sociais difíceis.

1As pessoas tímidas podem superar essa dificuldade se se dedicarem a isso

A timidez é uma característica que você pode mudar. Você pode não se tornar um extrovertido(a) desenfreado, mas pode impedir que sua timidez seja um obstáculo doloroso a interagir com os outros. Para fazer isso, você deve fazer um exercício pessoal que consiste em aceitar que você é tímido e, ao mesmo tempo, reconhecer que sua timidez é um problema para você: você pode refletir sobre eventos em que ser tímido(a) limitou sua vida.

2A mudança é uma decisão livre

As pessoas tímidas não serão capazes de superar suas dificuldades se pensarem que não podem mudar, ou se ficarem justificando sua timidez dizendo: “É assim que eu sou”. As pessoas são livres, e essa liberdade permite-nos mudar nosso comportamento. Se você pensa que é tímido, mas quer fazer amigos, coloque sua força de vontade em ação e decida mudar.

3Não deixe sua imaginação minar seus esforços

Nossa imaginação pode ser nossa inimiga: imaginamos que, se abrirmos a boca em uma conversa, vamos parecer tolos. Achamos que não conseguiremos enfrentar a ocasião. Mas se você ainda não abriu a boca, isso não aconteceu e está apenas na sua mente. Dissipe pensamentos e cenários imaginados que te paralisam. Eles não são reais e te prepararam apenas para o fracasso.

4Tire o foco de si mesmo

A timidez pode levar algumas pessoas a serem autocentradas. Elas ficam criando situações imaginadas que podem nunca ocorrer e acabam criando fantasmas. O melhor é não pensar em si mesmo e se concentrar nas outras pessoas e no que você fará.

5Prepare-se para a situação

Se você quiser conversar, pense em algumas perguntas que gostaria de fazer à outra pessoa. Também pode ajudar se você identificar um terreno comum de antemão (onde você estudou, um hobby, sua cidade natal, de quais esportes você gosta…). Esses são tópicos sobre os quais você pode falar com mais confiança.

6Não tenha medo de parecer ruim

Relaxe e não dê a cada conversa mais importância do que ela realmente tem. Sua vida não depende disso, então não há problema em expressar sua opinião. É importante que você sempre seja você mesmo e não tente criar uma fachada.

7Pratique com pessoas em quem você confia

Pratique primeiro com sua família e com o círculo de pessoas em que você confia, como colegas de trabalho, por exemplo.

8Preste ajuda a pessoas que precisam

Sair nós mesmos nos ajuda a conhecer melhor as histórias de outras pessoas. E assim nos tornamos mais simples e menos complicados. Isso nos faz esquecer de nós mesmos e nos permite ajudar quem precisa.

9Procure ambientes adequados para você

Use seus hobbies para encontrar pessoas que compartilham seus gostos. Você também pode se sentir mais confiante ao lidar com pessoas do seu próprio setor profissional.

10As redes sociais podem ser um começo

Através do Instagram, Facebook ou Twitter, você pode encontrar pessoas que gostaria de conhecer. É uma maneira de se aproximar e descobrir um terreno comum. A mídia social pode ser o primeiro passo para uma amizade real e pessoal.

Se nada disso der certo e você ainda estiver sobrecarregado com sua timidez, pode ser uma boa ideia procurar ajuda profissional. Um psiquiatra ou um psicólogo pode ajudá-lo a trabalhar com algo que o esteja impedindo, para que, em determinado momento, você possa fazer o que agora parece impossível.

Tags:
AmizadeValoresVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
Don José María Aicua Marín
Dolors Massot
Padre morre de ataque cardíaco enquanto celebrava funeral
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia