Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Os 5 elementos da Pedagogia de Schoenstatt, que educa 228 crianças no interior de São Paulo

Creche Raio de Sol / Irmãs de Maria de Schoenstatt
Compartilhar

A creche Raio de Sol, das Irmãs de Maria de Schoenstatt, opera no bairro de Caetetuba, em Atibaia, SP

Aos 6 anos, ele era usado pelo seu pai para a entrega de entorpecentes. Aos 12, tornou-se autônomo nas entregas de drogas. Aos 15, foi preso. Agora, tendo alcançado a liberdade, tenta reconduzir sua vida no caminho do bem.

Essa história real de um jovem cujo nome é resguardado por segurança se iguala a muitas outras vividas pelos pais das mais de 228 crianças de 2 a 3 anos e 11 meses que são assistidas em período integral pela Creche Raio de Sol, no bairro de Caetetuba, em Atibaia, SP. A creche pertence ao Instituto Secular das Irmãs de Maria de Schoenstatt, uma comunidade de leigas consagradas fundada pelo Servo de Deus Pe. José Kentenich em 1º de outubro de 1926, na Alemanha.

O carisma das irmãs é ser uma viva presença de Maria na Igreja e no mundo. Para as Irmãs de Maria de Schoenstatt, o amor materno de Maria abre os corações para as graças redentoras que Jesus nos trouxe.

Novo sinal no mundo, a exemplo de Maria

O trabalho assistencial da comunidade tem o nome jurídico de Instituto Novo Signo, isto é, “novo sinal”: este sinal é Maria, que percorreu apressada as montanhas da Terra Santa para ir em auxílio de sua prima Isabel. Por meio das Irmãs de Maria de Schoenstatt, Nossa Senhora continua percorrendo, apressada, as “montanhas” de tantas cidades do nosso tempo para ajudar cada família a encontrar Jesus e ser por Ele transformada.

Uma dessas famílias é a de Vitor Luiz Alcântara, que tem 2 anos e 11 meses, mas já sabe o que é ter que acordar bem cedo todos os dias para chegar à escola e só voltar para casa no final do dia, quando a mãe, Roselaine Cristina dos S. Alcântara, depois de percorrer a cidade atrás de emprego, vai buscá-lo no Centro de Educação Infantil Raio de Sol. Seu pai é pedreiro, mas, devido a problemas cardíacos, sofre muitas limitações no exercício da profissão. Vitor tem mais três irmãos, um deles com apenas 1 ano e 3 meses. A mãe testemunha:

“Coloquei meu filho Vitor Luiz na creche Raio de Sol porque é uma escola ‘bem falada’: todo mundo fala bem e muitos a indicaram para mim. Meu filho gosta da escola e está se desenvolvendo bem. O comportamento dele mudou muito depois que ele entrou na creche: ele não falava, não comia sozinho, não tinha agilidade. Antes ele brincava e deixava tudo jogado, agora pega os brinquedos e guarda sozinho. Só tenho a agradecer”.

Uma pedagogia que ilumina histórias de vidas

O carinho dedicado à creche por esses pais, moradores de uma região pobre da cidade, expressa a gratidão pelos resultados da Pedagogia de Schoenstatt aplicada à educação de seus filhos.

São cinco os elementos fundamentais dessa pedagogia:

  1. Confiança: a criança sente que é amada e por isso pode confiar;
  2. Vinculação: o vínculo entre educador e educando se dá pela mútua relação de confiança;
  3. Aliança: é o intercâmbio de corações entre o educando e a Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt;
  4. Movimento (ou Correntes de Vida): a educação não é estática, mas gera correntes de vida, motivando e se expandindo a novas aprendizagens;
  5. Ideal: a criança enobrece à medida que o SER se torna mais importante que o TER.

A demanda de educação e a vulnerabilidade social do bairro impulsionam as Irmãs de Maria de Schoenstatt em sua missão de cuidar e educar crianças para que possam se desenvolver integralmente mediante uma formação humana integral e sólida.

Habner Freitas é mais uma dessas crianças. Sua mãe, Graziela de Freitas Lemos, também está desempregada. A preocupação com a boa educação do seu pequeno a levou a bater à porta da Raio de Sol:

“Meu sobrinho já estudou aqui e falou muito bem da escola. Isso me fez confiar em trazer o meu filho para estudar aqui. Ele já mudou bastante, já se desenvolveu muito. Antes ele era muito tímido e não se adaptou na outra escola. Ele ama a Raio de Sol! Hoje ele é muito alegre, conversa, reza e gosta muito das professoras e de brincar com os coleguinhas”.

Centenas de outras vidas têm tido as suas histórias mais iluminadas por esse Raio de Sol.

Como ajudar

A maioria dos pais e familiares das crianças acolhidas na creche Raio de Sol não consegue pagar a contribuição mensal de 50,00 que a entidade solicita para cobrir os gastos básicos de água, luz, telefone e manutenção em geral.

A creche é filantrópica e não cobra mensalidades. A prefeitura cobre os custos da maior parte da folha de pagamentos, enquanto a creche banca toda a manutenção. Para isso, As Irmãs de Maria de Schoenstatt mantêm uma campanha permanente de apadrinhamento, pela qual qualquer pessoa de boa vontade pode assumir o compromisso de apadrinhar uma criança doando um valor mensal (a sugestão das irmãs é de R$ 50,00 ao mês, mas qualquer valor é bem-vindo).

Para os interessados em ajudar, os dados bancários para donativos são:

Instituto Novo Signo
CNPJ 78.636.974/0009-00
Banco do Brasil
Agência 0415-4
Conta Corrente 40568-X

Para mais informações sobre as Irmãs de Maria de Schoenstatt, o santuário de que elas tomam conta e as obras de caridade cristã e ação social que elas lideram, acesse o site santuariodeatibaia.org.br.

Boletim
Receba Aleteia todo dia