Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

3 maneiras essenciais de manter a paz em casa

ADOPTION
Africa Studio|Shutterstock
Compartilhar

Esta é uma situação sem precedentes, portanto, ajudar sua família a enfrentá-la com calma exige métodos sem precedentes

Enquanto escrevo este artigo, a maioria das cidades na minha região (Dallas-EUA) está se preparando para uma quarentena de duas semanas em resposta à pandemia de coronavírus.

Entre as preocupações mais práticas, como alimentação e medicamentos, tenho pensado em como será a vida cotidiana nas próximas semanas.

Dado que a única coisa que se espalha mais rapidamente que o coronavírus é o medo, meu objetivo principal tem sido encontrar maneiras de manter a paz em nossa casa.

Então eu preparei a seguir uma estratégia tripla para ajudar minha família a enfrentar as próximas semanas em paz.

1
FALE COM OS SEUS FILHOS

A parte mais assustadora de qualquer pandemia não é necessariamente a própria doença, mas a incerteza que a cerca. Isso é verdade tanto para crianças quanto para adultos.

Podemos pensar que os estamos protegendo falando em voz baixa ou dizendo que não há com o que se preocupar, mas na verdade estamos criando mais medo e ansiedade por não nos envolvermos aberta e honestamente.

Não tenha medo de contar aos seus filhos sobre o vírus. Claro, não há necessidade de entrar em grandes detalhes sobre as partes mais mais dramáticas, mas forneça os fatos. Explique como se espalhou e diga a eles o que eles podem fazer para se proteger.

Se as escolas estiverem fechadas, explique o motivo e lembre-as de que essas medidas estão sendo tomadas para proteger todos e retardar a disseminação. Dê a eles espaço para expressar seus medos e não os deixe de lado.

Na verdade, é bom compartilhar suas próprias preocupações para que seus filhos saibam que não estão sozinhos em sentir medo. Enfrentar o que está acontecendo, seja o coronavírus ou apenas a vida, é a melhor maneira de criar uma sensação de segurança e paz em sua família.

2
FOCO NO OBJETIVO, NÃO NA DISTRAÇÃO

A primeira coisa que pensei foi em como encontrar maneiras de ocupar as crianças durante as próximas semanas.

Mantê-los ocupados e distraídos parecia a solução óbvia – mas essa é uma situação nova. Nunca experimentamos algo assim antes.

Não é nada como férias escolares ou dias de nevasca, e essas abordagens parecem inadequadas.

Então, em vez de encontrar maneiras de distrair as crianças, comecei a pensar em maneiras de dar-lhes propósito a cada dia.

Um dia, vamos limpar e organizar o armário de brinquedos que se tornou um poço de desespero. É divertido? Não. Isso precisa ser feito? Sim. É um trabalho em que podemos focar e concluir juntos e depois celebrar? Sim.

Porém, nem todos têm que ser dias de tarefas – outro dia teremos aula de ciências na cozinha, o que é divertido e produtivo.

Veja essas duas semanas como uma oportunidade de fazer algo que você adiou de maneira sistemática. Planeje, faça um calendário, consulte as crianças e acorde todos os dias e faça.

3
MANTENHA-SE ESPIRITUALMENTE FORTE

Não há nada como um momento de medo para trazer as pessoas de volta a Deus, e essa pandemia não é exceção. Doença e morte estão na mente de todos, então você pode ter certeza de que também estarão na mente dos seus filhos.

Não evite isso – enfrente. Leia trechos das Escrituras e histórias da vida dos santos que viveram em tempos de pragas… mas leiam juntos, em voz alta, e depois passem algum tempo conversando.

Se um versículo em particular tocar um de seus filhos – ou você! – escreva-o em um caderno ou no espelho do banheiro.

Crie algumas maneiras pelas quais sua família pode tirar as lições da vida dos santos e aplicá-las aqui, agora, neste tempo moderno de praga.

E o mais importante, comece e termine cada dia com a oração. Lembre seus filhos quando acordarem e antes de dormirem que, afinal, o amor de Deus é infinito e eterno. Invoque seus anjos da guarda para lembrá-los de que eles não estão sozinhos e que Deus os manterá seguros agora e para sempre.

Boletim
Receba Aleteia todo dia