Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Um chamado urgente: “quero que rezem o Terço todos os dias” (da Virgem de Fátima)

Compartilhar

Vamos pegar nossos Terços e rezar fervorosamente, vamos travar a batalha neste tempo de provação

Nesta hora de provação, os católicos devem ter a coragem e a determinação de viver em santidade, guardar o estado de graça e viver na presença de Deus.

Os tempos de provação são tempos de santidade. Sempre tem sido assim. Basta estudar os tempos de Santa Catarina de Sena, São Francisco de Assis e outros grandes santos de nossa Igreja. O mundo estava em convulsão, e eles, com sua humildade, conseguiram transformá-lo.

É algo em que penso frequentemente. Eles não criticaram a Igreja ou os pecadores, nunca apontaram o dedo para ninguém. Eles fizeram algo melhor, que deu grandes frutos de fé.

Se você ler a vida deles, ficará surpreso. Mas o que havia de especial neles? A resposta é simples: eles viveram o Evangelho em sua radicalidade. Eles amavam Jesus tanto que queriam agradá-Lo em tudo.

O que a Bíblia nos diz?

“Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus” (Mt 7, 21).

Façamos o que Deus, nosso Pai, pede-nos: transformemos o mundo com o amor.

Tudo nesta terra é perecível, tudo passa, exceto a alma imortal. Nosso propósito deve ser a santidade e, como resultado, servir aos outros, como o menor de todos.

Vamos pegar nossos Terços e rezar fervorosamente, vamos travar a batalha neste tempo de provação.

Vamos iluminar o mundo. Cada um como uma pequena luz, mas juntos seremos um grande fogo de amor, que alcançará a presença de Deus.

Durante dias, tenho pensado nas almas daqueles que partiram e daqueles que estão prestes a partir, e peço a Deus por misericórdia.

Rezar o Santo Terço é o que me manteve nestes dias com paz interior. Isso me dá conforto e me permite estar na presença de Deus e seguir os passos da vida de Jesus em todos os mistérios. É uma oração centrada em Cristo. Ajuda você a conhecer Jesus melhor e é muito agradável a Nossa Senhora.

Hoje, rezei o Santo Terço com minha esposa. Nós dedicamos a você, querido(a) leitor(a), para que você se sinta incentivado a rezá-lo e a perceber que Deus está conosco neste momento de provação.

Você se atreve a pegar o seu Terço e rezá-lo nesta batalha?

Vamos rezar o Terço TODOS OS DIAS.

A Virgem, desde sua primeira aparição em 13 de maio de 1917, em Fátima, solicitou a conversão dos pecadores. “Eu quero que vocês rezem o Terço todos os dias.”

Nós, seus filhos, faremos isso.

Boletim
Receba Aleteia todo dia