Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Cultura e Viagem

O singelo poema sobre a quarentena que tem comovido internautas de todo o mundo

COMPUTER

Mangostar | Shutterstock

Beatriz Camargo - publicado em 01/04/20

Versos refletem sobre o poder da reclusão em tempos de pandemia

Logo no título, a mensagem no grupo de WhatsApp avisa que o texto a ser apresentado foi escrito em 1869, pela escritora Kathleen O’Meara (1839-1888). Como outros inúmeros conteúdos que são incansavelmente compartilhados nas redes sociais, esse poderia ser ignorado, mas seu título e a métrica de seus versos rapidamente captam a atenção do leitor:

CURARE as pessoas ficaram em casaE leram livros e ouviram E descansaram e se exercitaramE fizeram arte e brincaramE aprenderam novas maneiras de serE pararamE ouviram fundo Alguém meditouAlguém orouAlguém dançou Alguém conheceu sua sombra E as pessoas começaram a pensar de forma diferenteE pessoas se curaramE na ausência de pessoas que viviam de maneiras ignorantes,Perigosas, sem sentido e sem coração,Até a Terra começou a se curarE quando o perigo terminou E as pessoas se encontraram Lamentaram pelas pessoas mortas E fizeram novas escolhas E sonharam com novas visões E criaram modos de vida E curaram a Terra completamente.

Mas como algo escrito há mais de 150 poderia ser tão coerente com os tempos que vivemos? Tal pergunta me levou a buscar o nome da autora na internet. Encontrei versões desses mesmos versos nos idiomas italiano e inglês, li que Kathleen O’Meara foi escritora e biógrafa católica irlandesa-francesa durante o final da era vitoriana, e folheei também um livro de sua autoria reeditado em 1894,  cujo título é The curé of Ars. Percorri as páginas buscando palavras semelhantes àquelas que me impressionaram naquela mensagem recebida pelo celular, mas a obra retratava a vida de São João Maria Vianney (1786 – 1859) – o “Santo Cura d’Ars” – assim chamado por causa do nome do povoado francês onde foi pároco durante anos.

Tal pesquisa me levou a constatar que possivelmente havia algum equívoco na autoria daqueles versos, então resolvi pesquisar mais afundo e descobri que a real autora é Catherine M. O’Meara, uma advogada criminalista que vive no Michigan, nos Estados Unidos, e que costuma escrever reflexões sobre a vida em seu blog, chamado The Daily Round, sob a alcunha de Kitty O’ Meara.

O texto, postado no dia 16 de março de 2020, foi originalmente nomeado como “No tempo da pandemia”, mas o título que recebeu na internet parece sintetizar melhor aquilo que o mundo deseja nos dias de hoje.

Em seu blog pude encontrar inúmeros outros versos profundamente encorajadores e que dão margem a uma profunda meditação sobre a difícil situação que o mundo enfrenta. Se você tem algum domínio do inglês não deixe de acessar seu blog e se comover com a sensibilidade de suas palavras.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CoronavírusLiteratura
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
CHILE
Reportagem local
Duas igrejas são incendiadas durante protesto...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia