Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconReligião
line break icon

Qual foi o momento de maior sofrimento de Jesus na Paixão?

CRUCIFIXED

Di Art Stocker - Shutterstock

Manuel Bru - publicado em 11/04/20

Esta pergunta também foi feita por uma jovem de 22 anos em 1943: Chiara Lubich

De todo o relato da Paixão que os evangelhos nos fazem, poderíamos nos perguntar: qual foi o momento em que Jesus mais sofreu?

Esta pergunta também foi feita por uma jovem de 22 anos em 1943: Chiara Lubich. Foi durante a 2ª Guerra Mundial. Nos refúgios durante os bombardeios, liam o Evangelho; haviam descoberto que Deus-Amor é o único ideal que nenhuma bomba pode destruir. Depois saíam para buscar nos escombros os falecidos e atender os feridos.

Uma das jovens ficou gravemente doente devido às condições higiênicas dos feridos. Chamaram o padre e Chiara, antes de que ele desse a unção dos enfermos à jovem, aproximou-se dele e lhe perguntou: “Qual foi o momento em que Jesus mais sofreu em sua Paixão?”.

O sacerdote respondeu: “Eu acho que foi seu grito na cruz: ‘Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?’”.

Então, Chiara reuniu suas companheiras ao redor da cama da jovem doente e lhes propôs que se unissem a “Jesus Abandonado”; que O escolhessem para amá-lo para sempre em todos os sofrimentos, nos próprios e nos de toda a humanidade.

São João Paulo II dizia que a experiência humana do abandono de Jesus na cruz, quando grita “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?”, responde a uma dor compartilhada pelas três pessoas da Santíssima Trindade: “sofrida por Deus Pai, que a permite por amor aos homens, e pelo Espírito, que cala para que Jesus possa culminar a obra redentora; e também por Jesus: é o rasgar-se de Deus por amor aos homens”.

Sim, Jesus, pelo menos por um instante, sentiu o abandono do Pai. E não poderia ter sido de outra maneira, porque, como explica São Irineu, Jesus não remiu o que não assumiu. Se salvou todos os homens de todas as dores, das injustiças, dos tormentos, dos desprezos, e do próprio sentimento de abandono de Deus, é porque Ele na cruz, tornou-as suas, sofreu-as em sua própria carne e em sua própria alma.

Por isso, a esse Jesus crucificado e abandonado, não podemos vê-lo somente refletido nas imagens que criamos dele. Precisamos vê-lo, acima de tudo, em nós mesmos, quando nos sentimos abandonados; e nos outros, quando se sentem abandonados.

Podemos e devemos reconhecê-lo e dizer-lhe: “És Tu”. O rejeitado, marginalizado, esquecido, solitário. O caluniado, maltratado, enganado, zombado. O desprezado, entristecido, angustiado, anulado. E abraçá-lo, dizendo: “Eu te amo assim”. E então dar o salto quantitativo, amando-o, fazendo sua vontade, pedindo-lhe: “Age em mim”.

E podemos inclusive, com nossa vida, dar testemunho de que Jesus crucificado e abandonado acompanhou toda solidão, iluminou toda escuridão, preencheu todo vazio, anulou toda dor, apagou todo pecado.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
JesusSofrimento
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia