Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Pe. Gabriel: “Dizer que Jesus foi assassinado por ser revolucionário é rasgar a Bíblia”

jesus-socialista.png

CC

Pe. Gabriel Vila Verde - Aleteia Brasil - publicado em 14/04/20

"Virem o disco. Jesus não é um populista assassinado. Ele é o Redentor do mundo que deu a vida para nos salvar"

Em seu perfil pessoal no Facebook, o pe. Gabriel Vila Verde publicou uma contundente resposta às frequentes e reiteradas tentativas de manipular a pessoa histórica de Jesus Cristo para “moldá-la” a ideologias humanas.

Não escute ninguém, absolutamente ninguém, dizer que Jesus foi assassinado por ser um revolucionário. Isso é rasgar a Bíblia e depois tocar fogo nas páginas. Jesus morreu pelos nossos P-E-C-A-D-O-S. Morreu para nos dar a possibilidade de Vida Eterna. Sua morte foi uma entrega! Ele mesmo disse: “ninguém tira a minha vida. Eu a dou livremente” (Jo 10,18). Quando os poderes políticos da época queriam lhe prender, ele escapava. Somente permitiu ser preso quando tinha chegado a sua HORA (Jo 13,1). Mudem o discurso. Virem o disco. Jesus não é um populista assassinado. Ele é o Redentor do mundo que deu a vida para nos salvar. Isto é doutrina católica. Isto é verdade de fé!

Uma crítica semelhante foi publicada recentemente pelo pe. Zezinho, também em sua página pessoal no Facebook, e aqui reproduzida por Aleteia:


JESUS

Leia também:
Pe. Zezinho: ligar Jesus a esquerda, direita ou centro é desconhecer Sua proposta

Tags:
IdeologiaJesusPolítica
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia