Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 18 Setembro |
São José de Cupertino
home iconAtualidade
line break icon

Sobrevivente da COVID-19 agora quer ser doador de plasma

Custodie de Terre Sainte / Aleteia

Agências de Notícias - publicado em 07/06/20 - atualizado em 07/06/20

No pior momento, sua respiração estava tão fraca que ele não conseguia levantar os braços

“A sensação que eu tenho é que subi 10 andares, não dois”, afirma Ricardo Garroux ao chegar quase sem ar ao seu apartamento na Vila Madalena, bairro de São Paulo.

O advogado, de 57 anos, está surpreso com seu estado de saúde relativamente satisfatório, apesar de cansar muito rápido, apenas seis dias depois de receber alta do hospital onde permaneceu duas semanas após ser diagnosticado com a COVID-19.

“Passei seis dias na terapia intensiva, conectado a um respirador, mas sempre consciente. Eu sentia uma tosse tão forte que a vontade que me dava era de abrir o meu peito”, diz Ricardo, que antes de ser internado praticava Pilates, fazia exercícios e estava em perfeita saúde.

No pior momento, sua respiração estava tão fraca que ele não conseguia levantar os braços. O tratamento incluiu exames de sangue diários e radiografias do tórax.

“Mas depois de receber o plasma, foi como virar uma página e nada disso aconteceu mais”, conta ele.

Ricardo Garroux está convencido de que as transfusões de plasma de pacientes que foram curados foram decisivas em sua recuperação.

Em um vídeo que guarda no celular, pode-se ver Ricardo com os olhos cheios de lágrimas ao ser transferido em uma cadeira de rodas, sob aplausos da equipe médica, da unidade de terapia intensiva para um quarto normal.

“Em alguns dias, passei de ‘vou morrer’ para ‘estou vivo'”, relata o advogado, embora sua felicidade tenha sido ofuscada pela morte de sua mãe de 88 anos em outro andar do mesmo hospital.

Ela foi diagnosticada com o novo coronavírus na casa de repouso onde morava há dois anos e seu filho a acompanhou na ambulância até a emergência.

Poucos dias depois, Ricardo começou a sentir os primeiros sintomas da doença – cansaço e náusea – e foi internado na mesma instituição.

“Consegui abraçá-la uma última vez porque já estava contaminado. Senão, não teriam me deixado dizer adeus a ela”, lembra ele.

“Pude assistir ao funeral dela, do leito do hospital, pelo WhatsApp”, acrescenta.

Após esse mês comovente, Ricardo define a si mesmo como “um sobrevivente”, que já não está mais em um grupo de risco.

“É como se tivesse ido no fronte da guerra”, ressalta.

O ex-paciente agora quer se tornar um doador de plasma, parte do sangue que contém os poderosos anticorpos que poderiam permitir que outros doentes sobrevivam à pandemia.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
7
tentativa suicídio depoimento
Reportagem local
EM IMAGENS: A cara da depressão profunda e do suicídio é não ter ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia