Aleteia
Sábado 24 Outubro |
São Maglório
Espiritualidade

Como celebrar o Corpus Christi em tempos de pandemia

HARLEM,NEW YORK,BURKINA FASO,CORPUS CHRISTI

Jeffrey Bruno

Padre Reginaldo Manzotti - publicado em 09/06/20

A pandemia da Covid-19 não permitirá que os tradicionais tapetes e procissão sejam realizados

Com a aproximação de uma das festas mais tradicionais da Igreja Católica, muitos me perguntam: como celebrar Corpus Christi em tempos de pandemia? Primeiramente precisamos conhecer a celebração.

A ideia de lançar no calendário litúrgico esta festa, originou-se a partir das visões de uma Irmã Agostiniana chamada Juliana de Mont Cornillon, nascida em Liége, na Bélgica. Ela desde os 17 anos começou a ter visões, nas quais Jesus pedia uma festa anual para agradecer o Sacramento da Eucaristia. Aos 38 anos, Irmã, Juliana confidenciou esse segredo ao Cônego Tiago Pantaleão, que 31 anos mais tarde, foi eleito papa e adotou o nome de Urbano IV. Três anos antes de sua morte o Papa Urbano IV, escreve a Bula “Tansiturus” de 11 de agosto de 1264, instituindo mundial a Festa de Corpus Christi, para ser celebrada na quinta-feira após a Festa da Santíssima Trindade. O decreto de Urbano IV teve pouca repercussão, devido a morte do Papa, logo a seguir, mesmo assim algumas igrejas adotaram a festa como a diocese de Colônia, na Alemanha.

Corpus Christi tomou seu caráter universal definitivo 50 anos depois, quando o Papa Clemente confirmou a bula de Urbano IV nas Constituições Clementinas do Corpus Júris, tornando a Festa da Eucaristia um dever canônico mundial. No século XI, começaram a surgir dúvidas sobre a presença real de Cristo na hóstia consagrada e o povo cristão reagiu multiplicando as formas de devoção e adoração da hóstia. As devoções eram muito centralizadas nas relíquias dos santos, para atrair a devoção para a pessoa de Jesus a Igreja favoreceu-se desta festa. Assim, os ostensórios com a hóstia consagrada, substituíram os relicários e foram apresentadas ao povo para adoração considerada como uma “relíquia” de Jesus. Os relicários foram substituídos pelas custódias ou ostensórios, que mostravam ao povo a hóstia consagrada.

Por que em uma quinta-feira?

Foi escolhida a quinta-feira para sempre celebrar o Corpus Christi, porque a Eucaristia foi celerada pela 1ª vez na quinta-feira Santa, véspera da Sexta-Feira da Paixão, a morte na cruz impede uma festa solene nestas datas.

Corpus Christi no Brasil

A Festa veio para o Brasil com os colonizadores portugueses.Em uma carta de 9 de agosto de 1549, o padre Manuel da Nóbrega escreveu: “Outra procissão se fez dia de Corpus Christi, mui solene, em que jogou toda a artilharia, que estava na cerca, as ruas muito enramadas, houve danças e invenções à maneira de Portugal”. (Cartas do Brasil, 86, Rio de Janeiro, 1931).

Tradicionalmente, o que vemos pelo Brasil todo, são lindos tapetes feitos a mão e que normalmente utilizam serragem e sal coloridos, mas nos últimos anos as comunidades e pastorais, vêm trazendo inovações para os desenhos e utilizando também: borra de café, areia, flores, farinhas, etc.

A passagem pelo tapete tem um significado especial. O ostensório, que armazena o Corpo de Cristo na hóstia, é carregado pelo sacerdote por essas ruas enfeitadas, e os fiéis só podem pisar nesses desenhos após a passagem do padre. É uma representação de que Jesus anda por ali e é recebido com um belo tapete pelas ruas da cidade.

Como devemos celebrar Corpus Christi em tempos de pandemia?

A pandemia da Covid-19 não permitirá que os tradicionais tapetes e procissão sejam realizados, pois, a maioria das Igrejas estão com Missas privadas, sem a presença do público.

Podemos participar das celebrações através dos meios de comunicação e mídias digitais, acompanhando as Missas e Adoração ao Santíssimo. Mas, também podemos participar com atos de caridade, doando alimentos não perecíveis e roupas para ajudar quem mais precisa.

No Santuário Nossa Senhora de Guadalupe e Jesus das Santas Chagas, onde sou pároco reitor, realizaremos o “Tapete Solidário”. O tapete será montado com doações de alimentos, cobertores e agasalhos. Todas as doações serão destinadas as entidades e famílias atendidas pela Responsabilidade Social do Santuário. Além disso, toda a festividade será transmitida pela TV Evangelizar, Rádio Evangelizar e plataformas digitais.

Padre Reginaldo Manzotti 


KWIETNE DYWANY W SYPCIMIERZU

Leia também:
Corpus Christi: amizade selada entre Deus e o homem

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CoronavírusEucaristia
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Papa Pedro João Paulo II Bento XVI Francisco
Reportagem local
Pedro, João Paulo, Bento e Francisco: 4 Papas...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia