Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Atualidade

24 padres, 4 diáconos e 2 freiras morreram de Covid no México

NUNS

Shutterstock | icamarena74

Jaime Septién - publicado em 23/06/20

A morte pelo novo coronavírus toca o coração da Igreja mexicana

Em 18 de junho, o número oficial de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no México atingiu 159.793 (dos quais 22.209 são casos ativos) e 22.209 mortes, colocando o país, segundo a contagem da Universidade Médica Johns Hopkins, em décimo quinto lugar mundial número total de casos e em sétimo lugar por mortes.

Com uma taxa média de infecção de mais de 3.500 pessoas por dia, as autoridades de saúde do país decidiram mudar o nível de alerta de de vermelho para laranja, o que implica a reabertura de algumas atividades “não essenciais”.

No entanto, existe a possibilidade de que, se houver um aumento adicional da taxa de infecção em algumas regiões, a reabertura seja interrompida ou revertida.

A Igreja Católica no México sofre com a situação de emergência e o fechamento de casas de culto há quase três meses.

Cada Estado mexicano está gerenciando a reabertura dos vários tipos de atividades e locais de acordo com suas circunstâncias particulares, seguindo frequentemente não apenas diretrizes federais, mas também critérios e decisões de seu governo local.

Em muitas regiões do país, as igrejas deveriam começar a abrir em algum momento deste mês, aplicando as medidas e limitações necessárias para proteger a saúde dos participantes.

No entanto, em algumas áreas, a reabertura foi adiada mais uma vez, pois o número de casos de coronavírus continua a crescer.

O número de padres e religiosos mexicanos que morreram por causa do coronavírus recebeu pouca publicidade.

Coube ao Catholic Multimedia Center (CCM), que também acompanha as estatísticas dos padres assassinados, roubados, sequestrados e “desaparecidos” no México, assumir a tarefa de investigar e reportar esse lado doloroso da pandemia.

De acordo com o mais recente relatório divulgado pelo MCC, os casos acumulados até a primeira quinzena de junho são 24 padres, 4 diáconos e 2 religiosas que morreram desde que o primeiro caso foi detectado no México em 27 de fevereiro de 2020.

“Neste relatório”, diz o MCC, “fazemos uma avaliação responsável dos casos e sua verificação. Infelizmente, no México, as mortes por COVID-19 se tornaram meros números e as autoridades se acostumaram a ter números diários que se transformam em uma curva ascendente.”

O relatório acrescenta: “são pessoas, histórias concretas, histórias de vida, famílias que perderam um ente querido pela pandemia que excedeu qualquer prognóstico otimista como o oferecido aos mexicanos quando os primeiros casos ocorreram em março passado”.

A arquidiocese de Puebla sofreu a perda dos seguintes padres: José Guadalupe Sanguino Fuentes; Valentín Ramírez Tlahque; Álvaro Ramírez Hernández, Juan Francisco Espino Godínez, Joaquín Fausto Silva Omaña e Rafael Amaro Goiz.

A diocese de Nezahualcóyotl perdeu: pe. Antonino Armendáriz Calderón, Álvaro Gabriel Flores Rodríguez e Gustavo Arturo Ballesteros Garcíarreal, e diácono permanente José Guadalupe Lozano Sandoval.

A diocese de Iztapalapa perdeu dois padres: José Luis González de Jesus e José Luis Téllez García – e o diácono permanente Trinidad Cervantes Hernández, enquanto a arquidiocese de Tlalnepantla perdeu Pánfilo Martínez Marroquín e Jesús Hernández Rubio.

Na Arquidiocese do México, o missionário Rodolfo Rodríguez Reza e o Pe. Luciano Vega Murillo morreram, enquanto na Arquidiocese de Toluca, Juan Reza Dávila e Silvestre Pérez Figueroa.

Na arquidiocese de León, pe. Eduardo Hernández Rodríguez; na Arquidiocese de Guadalajara, monsenhor David Orozco Loera e Pe. José Trinidad García Alonzo faleceram.

Na diocese de Texcoco, pe. Miguel Ángel López Alarcón; na diocese de Atlacomulco, pe. René Flores Colín; na diocese de Azcapotzalco, pe. Alejandro Arellano Becerril; na diocese de Xochimilco, diácono permanente Marco Antonio González Bárcena; na diocese de Ciudad Obregón, pe. Sergio Octavio Martínez Enríquez; e na diocese de Cuernavaca, o diácono permanente Justino Espinoza Martínez e sua esposa, Linda Díaz.

Quanto às irmãs religiosas, o MCC informa que morreu na diocese de Veracruz a irmã María Lourdes Pulido Madrigal, clarissa, e na arquidiocese de Puebla, a irmã Aldegunda Nolasco Bravo, da Congregação das Irmãs Josefinas.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CoronavírusPandemiaSaúde
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
SAINT JOSEPH SLEEPS
Philip Kosloski
Durma em paz com esta breve oração a São José
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia