Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 27 Novembro |
São Máximo de Lérins
home iconCultura e Viagem
line break icon

Deserto da Judeia: fotos do lugar onde Jesus foi tentado por Satanás

JUDEAN DESERT

John Theodor | Shutterstock

J-P Mauro - publicado em 09/09/20

Explorar esse local nos deixa mais próximos dos ancestrais da nossa fé católica

Estendendo-se das montanhas da Judeia ao leste até o mar Morto ao oeste, o deserto da Judeia está presente em muitas narrativas bíblicas.

João Batista, que pregou no local, se autodenomina “a voz que clama no deserto”. Foi a ele que o profeta Isaías se referiu ao dizer:

“Uma voz clama no deserto:‘ Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas’”.

Depois de ser batizado por João, Jesus passou 40 dias no deserto da Judeia, onde venceu as tentações de Satanás.

O site em inglês Land of the Bible descreve o terreno do deserto como “acidentado”, com profundos desfiladeiros escavados na rocha pelos rios, alguns dos quais fluem o ano todo para criar valiosos oásis onde pessoas e animais podem encontrar descanso no ambiente inóspito. Como as montanhas e formações rochosas são principalmente de arenito, a paisagem muda constantemente devido à erosão causada pelo vento e pela água.

De uma perspectiva histórica, explorar o deserto da Judeia nos aproxima dos ancestrais de nossa fé católica. Existem muitos assentamentos bíblicos encontrados dentro e fora dos limites do deserto da Judeia. Jerusalém, por exemplo, está na fronteira oeste do deserto.

No deserto da Judeia estão as cidades bíblicas de Belém, Jericó e Hebron, para citar algumas. Também localizadas no deserto da Judeia estão as cavernas de Qumran, onde os Manuscritos do mar Morto foram descobertos em meados do século 20, bem como vários mosteiros cristãos primitivos, alguns dos quais ainda ativos.

Há uma variedade de sítios arqueológicos no deserto, incluindo as fortalezas de Masada e Horkenya.

Dê uma olhada em nossa galeria de fotos para conferir algumas das vistas deste local histórico:


MEDYTACJA

Leia também:
Os 4 elementos do deserto como símbolo espiritual

Tags:
BíbliaHistóriaJesus
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
MARADONA
Pablo Cesio
Pelé sobre Maradona: "Espero que um dia jogue...
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
John Burger
A melhor maneira de contar a seus filhos a ve...
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
POINSETTIAS,CHRISTMAS,ALTAR
A. J. Clishem
O segredo do grau de inclinação da cabeça de ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia