Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconAtualidade
line break icon

Moçambique: religiosas que estiveram desaparecidas 24 dias estão bem

BISHOP LISBOA; MOZAMBIQUE

Leandro Martins, Aid to the Church in Need

Fundação AIS - publicado em 13/09/20

O anúncio, no domingo passado, dia 6 de Setembro, por D. Luiz Lisboa, de que as “irmãs Inês e Eliane” estavam “sãs e salvas”, foi recebido com um enorme alívio em toda a comunidade cristã

“Estão retiradas, estão bem e não vão prestar quaisquer declarações.” D. Luiz Fernando Lisboa explicou assim, de forma sucinta, à Fundação AIS, como se encontram as duas irmãs de São José de Chambéry, Inês Ramos e Eliane da Costa, depois de terem estado desaparecidas durante 24 dias após violento ataque terrorista a Mocímboa da Praia.

Na sequência desse ataque, que teve início a 5 de Agosto, os terroristas acabaram por conquistar a região portuária perdendo-se o contacto com dezenas de pessoas. A falta de comunicações e o isolamento em que ficou a zona provocou uma inquietação generalizada sobre o que teria acontecido com as duas religiosas brasileiras.

O anúncio, no domingo passado, dia 6 de Setembro, por D. Luiz Lisboa, de que as “irmãs Inês e Eliane” estavam “sãs e salvas”, foi recebido com um enorme alívio em toda a comunidade cristã.

Desde então, têm chegado à Diocese de Pemba inúmeros pedidos de informações oriundos “de todo o mundo” sobre as irmãs e o estado de saúde em que se encontram. D. Luiz Fernando Lisboa garante, à Fundação AIS, que as duas irmãs “estão bem” mas que vão ficar para já fora dos holofotes da curiosidade mediática e que, por isso, “não vão prestar quaisquer declarações”.

Pouco se sabe ainda sobre o que aconteceu à missão das irmãs em Mocímboa da Praia. No final de Agosto, o padre Kwiriwi Fonseca, um dos responsáveis pela comunicação da Diocese de Pemba, explicava, à Fundação AIS, que o ataque tinha começado “a 5 de Agosto”, a que se seguiram “dias consecutivos” de combates, “até dia 11”. “Durante esses dias, eles [os terroristas] atacaram e ocuparam o Porto de Mocímboa da Praia.”

Em Pemba, soube-se do ataque através do telefonema de um animador da comunidade. “Foi ele que nos deu a notícia de que a casa das irmãs tinha sido assaltada.” O padre Fonseca explicou também à Fundação AIS que os terroristas “haviam roubado tudo: viatura, alimentos, tudo o que tinham lá, todos os bens”.

No comunicado em que D. Luiz Lisboa anunciou no passado domingo que as duas religiosas estavam “sãs e salvas”, o Bispo de Pemba agradeceu “de coração” a todas as pessoas que têm acompanhado a comunidade “com as orações e solidariedade”. “Isto – acrescentou o Bispo – conforta-nos e mostra a face de um Deus misericordioso.”

D. Luiz pediu ainda as orações pelos que “ainda estão desaparecidos, deslocados e sofrendo as consequências da violência e da guerra”.

A Fundação AIS tem ajudado os cristãos em Moçambique com diversos projectos, desde a reconstrução de igrejas até ao apoio de subsistência aos missionários. Actualmente está em curso uma campanha de ajuda de emergência para a Igreja local dada a situação particularmente grave que se vive em Cabo Delgado, onde, em consequência dos ataques de grupos jihadistas – que tiveram início em 2017 mas adquiriram intensidade no decorrer deste ano –, já se contabilizaram mais de mil mortos e mais de 250 mil deslocados, num cenário terrível de destruição que levou ao abandono de inúmeras aldeias e vilas.

(Departamento de Informação da Fundação AIS)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Perseguição
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia