Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Religião

Como se ataca a Igreja alegando defender a fé

OSSERVATORE ROMANO / AFP

Le pape François et le pape émérite Benoît XVI, le 23 décembre 2013.

Francisco Borba Ribeiro Neto - publicado em 20/09/20

A oposição entre Bento XVI e Francisco vem sendo construída artificialmente, por grupos que desejam instrumentalizar o Papa Emérito para atacar seu sucessor

Recentemente, em Roma, manifestantes contrários ao uso de máscaras para proteção contra a COVID-19 agitavam bandeiras de Bento XVI e um ativista queimou uma foto do Papa Francisco. A associação entre a questão religiosa e as medidas de proteção contra a pandemia foi coisa de uns poucos extremistas. Independentemente das posições pessoais sobre o uso ou não de máscaras, da maior ou menor confiança que cada um deposita nas indicações da comunidade científica, é forçoso reconhecer que os dois papas não têm nada a ver com um gesto político de contestação às normas sanitárias adotadas pelos governos.

Contudo, e aqui sim vale uma reflexão mais aprofundada, a oposição entre Bento XVI e Francisco vem sendo construída artificialmente, por grupos que desejam instrumentalizar o Papa Emérito para atacar seu sucessor. São duas personalidades diferentes, que impulsionam a Igreja em sentidos diferentes, mas complementares e sempre ancorados no Evangelho e no amor a Cristo. O próprio Bento XVI, ao renunciar, deixou implícito que considerava chegado o momento da Igreja trilhar novos caminhos.

As muitas declarações de continuidade, afeto e obediência que um fez em relação ao outro têm pouca significância para quem já se decidiu a imaginar a Igreja dividida. Para esses, as notícias dadas pelo Vaticano e amplamente divulgadas são todas falsas, mais valem as “informações secretas” dadas pelos autores das fake news ou as análises rancorosas de quem se considera mais autorizado a falar pelo Espírito Santo que a própria Igreja. 

O Barrabás de Lagerkvist

O episódio me lembrou o Barrabás do livro de Pär Lagerkvist (Rio de Janeiro: Editora Delta, 1966), que se tornou filme, com o personagem título interpretado por Anthony Quinn. O autor imagina que Barrabás, após ser libertado no lugar de Jesus, nunca mais encontra a paz. Toda a sua vida subsequente é consumida tentando entender Àquele que foi crucificado em seu lugar. Mas não consegue aderir ao cristianismo. Quando Nero manda atear fogo a Roma, para acusar os cristãos, Barrabás une-se aos incendiários, acreditando que assim irá finalmente seguir a Cristo. Termina preso e condenado a morrer na cruz, como aqueles que ele – imaginando imitar – tinha ajudado a condenar.

Barrabás não vai além de seu mundo de cólera e ressentimento. Por isso, não consegue entender e seguir um Deus de amor. Em dados momentos, todos podemos agir como ele, nesses nossos tempos, marcados pela polarização, pela desilusão com as lideranças políticas e econômicas, com a insegurança diante dos limites da ciências – a qual nos havia sido apresentada como onipotente.

Quando caímos nessa tentação raivosa, nos tornamos vítimas de notícias falsas, análises tendenciosas, divisões e frustrações. Atacamos antes de compreender, condenamos sem amar e acabamos errando mesmo quando queremos acertar. A raiva e a condenação só conseguem destruir, às vezes destroem coisas ruins, às vezes destroem coisas boas, muitas vezes só destroem a própria pessoa enraivecida. Nunca constroem.

Um critério seguro

Como podemos escapar dessas armadilhas? Como evitar que nosso justo desejo de defender a Igreja, as verdades da fé ou o nosso próximo ameaçado sejam instrumentalizadas contra o próprio anúncio cristão? O cristianismo sempre aponta para a positividade, a capacidade de construir uma sociedade melhor, amar o nosso irmãos – mesmo quando discordamos dele.

Um caminho de pura condenação não está obrigatoriamente errado. Censurar um assassinato é justo e moralmente válido, para dar um exemplo bem evidente. Contudo, se essa condenação se esgota em si mesma, trata-se de um caminho ainda totalmente humano, onde a graça não se manifestou. Não importa se vem recheada de citações bíblicas, referências a filósofos católicos e documentos do Magistério ou dados sobre gravíssimas violações da dignidade da pessoa, ela ainda não está na rota do encontro com Cristo que muda toda a realidade… E pode tornar-se a porta para uma posição destrutiva que serve ao mal e nos afasta da fé e da Igreja, ainda que tenhamos entrado em seu caminho justamente com a intenção de viver mais a fé e nossa pertença eclesial.

O caminho verdadeiramente cristão sempre aponta para a beleza, o amor e a esperança. Nos torna mais capazes de acolher o nosso irmão, tanto em seus sofrimentos quanto em seus erros, nos faz viver em unidade com toda a Igreja e com nossos irmãos mais próximos. Esse é um critério seguro para seguirmos a Cristo.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Bento XVIIgreja CatólicaPapa Francisco
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia