Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconReligião
line break icon

Profecias de São Malaquias, o Papa e o fim do mundo

Thomas Gun CC via Wikipedia

Vanderlei de Lima - publicado em 20/09/20

As chamadas “Profecias de São Malaquias” são, conforme seus divulgadores, de autoria de Malaquias de Armagh, monge do mosteiro de Bangor e depois arcebispo de Armagh

Vez ou outra, alguém relembra as profecias atribuídas a São Malaquias († 1148). Elas preveem o fim do Papado e do mundo. Este artigo analisa tais presságios.

As chamadas “Profecias de São Malaquias” são, conforme seus divulgadores, de autoria de Malaquias de Armagh, monge do mosteiro de Bangor e depois arcebispo de Armagh, que, falecido com fama de santidade, foi canonizado, em 1190, pelo Papa Clemente III. Suas previsões teriam sido escritas quando o monge santo esteve, por um mês, em Roma, no ano de 1139. Consta de 111 – ou 113, segundo outros – dísticos latinos que buscam retratar cada Papa desde Celestino II (1143-1144) ao presumido Pedro II, o último Papa, que governará a Igreja até o fim do mundo. Eis, a título de exemplo, o dístico atribuído a São João Paulo II († 2005): “De labore solis – Do sofrimento do sol”.

Aqui se coloca a pergunta: foi o próprio São Malaquias quem divulgou tais profecias? – Não! Essas predições, que seriam do século XII, época na qual viveu o santo, só apareceram em 1595, fim do século XVI, na obra Lignum Vitae, ornamentum et decus Ecclesiae (Lenho da Vida, ornamento e glória da Igreja), do beneditino belga Arnoldo de Wyon. Delas, as primeiras 74 vêm acompanhadas de breve comentário de Afonso Chacón († 1601 aproximadamente), frade dominicano e historiador espanhol. Demonstra ele que as previsões se cumpriram de modo exato em cada Papa citado. Assim, sobre Vítor IV a profecia diz: Ex tetro carcere (Do cárcere escuro), ao que acrescenta Chacón: Fuit cardinalis S. Nicolai in carcere Tulliano (Foi cardeal de S. Nicolau no cárcere Túlio).

Pois bem, pelos comentários de Afonso Chacón seria possível calcular o último Papa e o fim do mundo: após João Paulo II (De labore solis) ainda haveria três pontífices: Bento XVI, Francisco e mais um que assumiria o nome de Pedro II. Sobre ele está escrito: Petrus Romanus, qui pascet oves in multis tribulationibus; quibus transactis, civitas septicollis diruetur, et ludex tremendus iudicabit populum. Finis (Pedro Romano, que apascentará as ovelhas em meio a muitas tribulações. Passadas estas, será destruída a cidade das sete colinas e o tremendo Juiz julgará o seu povo. Fim)”. Propostas, em suma, as profecias, passemos às observações. 

O primeiro grande ponto é que as chamadas “Profecias de São Malaquias” se inserem no quadro das revelações particulares: o fiel católico é, portanto, livre para aceitá-las ou não (cf. Catecismo da Igreja Católica n. 66-68). Há, dentro dessa liberdade, quem lhes dê crédito, pois julga que deram certo. Por exemplo, Crux de crucem (Cruz vinda da cruz) refere-se a Pio IX (1846-1878); ora, ele muito sofreu – carregou a cruz – ataques da Casa de Savoia, em cujo emblema havia uma cruz.

Todavia, bons estudiosos recusam essas profecias. O maior desses críticos é o Pe. Ménestrier, S.J., com seu livro Réfutation des Prophéties faussement attribuées à S. Malachie sur les élections des Papes (Paris, 1689). Argumenta esse jesuíta que: 1) por 450 anos essa profecia não foi conhecida. Nenhum historiador medieval ou renascentista, ao tratar da vida dos Papas, a cita; 2) não há uma linha confiável que demonstre como Chacón a conheceu e a passou a Arnoldo de Wyon; 3) na lista, não aparecem só Papas, mas também antipapas (Vítor IV, 1159-64; Nicolau V, 1328-30; Clemente VII, 1378-94). Ora, seria blasfêmia dizer que Deus teria confundido Papas e antipapas; 4) a insinuação da data do fim do mundo para o próximo Papa, depois de Francisco, contraria a Sagrada Escritura que não revela aos homens a data do Juízo Final (cf. Mt 24,36; Mc 13,32; At 1,7); 5) as profecias são claras até Urbano VII, depois ficam genéricas (varão religioso; fogo ardente; fé intrépida etc.) e servem, por conseguinte, a qualquer Papa digno; 6) conclui, pois, Ménestrier que as predições devem ter sido criadas em 1590 e atribuídas falsamente a São Malaquias (cf. Dom Estêvão Bettencourt, OSB. Fim do mundo? A profecia de São Malaquias. Rio de Janeiro: Mater Ecclesiae, opúsculo 39).

Ao ler este artigo, somos convidados a deixar de lado as curiosidades humanas e a redobrar a confiança no Pai celeste que cuida da sua Igreja (cf. Mt 16,18) até o fim dos tempos (cf. Mt 28,20). Ele não a deixa sucumbir às tempestades (cf. Mc 4,35-41).

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
BíbliaDoutrinaIgreja Católica
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia