Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 25 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Oração de Santa Teresa d’Ávila para manter a paz diante do sofrimento

SANTA TERESA DE AVILA

Peter Paul Rubens - PD

Philip Kosloski - publicado em 15/10/20

Qualquer que seja o sofrimento ou aflição que possa surgir em seu caminho, esta oração pede a ajuda de Deus para suportá-lo com serenidade

Por mais que tentemos evitar o sofrimento, não podemos escapar totalmente dele nesta vida. A aflição virá até nós e sua superação dependerá de como lidaremos com ela. Nesse sentido, podemos contar com a ajuda de uma oração de Santa Teresa d’Ávila.

De fato, Santa Teresa d’Ávila teve sua cota de sofrimento, mas através de tudo ela tentou manter uma disposição pacífica, aceitando-o como vindo das mãos de Deus.

Aqui está uma oração que ela compôs que destaca esta verdade espiritual central, pedindo ajuda a Deus para manter a paz diante do sofrimento.

Oração de Santa Teresa d’Ávila

Ensinai-me, meu Deus, a sofrer em paz as aflições que me enviaste, para que a minha alma saia da provação como o ouro mais brilhante e puro, ao encontrar-Te dentro de mim. Provações como essas, que no momento parecem insuportáveis, eventualmente se tornarão leves, e estarei como ansioso por sofrer novamente, se assim puder prestar-Te um serviço maior. E por mais numerosos que sejam meus problemas e perseguições, todos eles trabalharão juntos para o meu ganho maior, embora eu não os suporte como deveria fazê-lo, mas de uma maneira que é mais que imperfeita.

PIO

Leia também:
Oração de João Paulo II a São Padre Pio para pedir força durante o sofrimento


portrait man sad depressed

Leia também:
Em tempo de sofrimento reze a oração da serenidade

Disse o Papa Bento XVI sobre Santa Teresa d’Ávila:

Caros irmãos e irmãs, santa Teresa de Jesus é verdadeira mestra de vida cristã para os fiéis de todos os tempos. Na nossa sociedade, muitas vezes carente de valores espirituais, santa Teresa ensina-nos a ser testemunhas indefessas de Deus, da sua presença e acção, ensina-nos a sentir realmente esta sede de Deus que existe na profundidade do nosso coração, este desejo de ver Deus, de O procurar, de dialogar com Ele e de ser seu amigo. Esta é a amizade necessária para todos nós e que devemos buscar de novo, dia após dia.

O exemplo desta santa, profundamente contemplativa e eficaz nas suas obras, leve-nos também a nós a dedicar cada dia o justo tempo à oração, a esta abertura a Deus, a este caminho para procurar Deus, para O ver, para encontrar a sua amizade e assim a vida verdadeira; porque realmente muitos de nós deveriam dizer: «Não vivo, não vivo realmente, porque não vivo a essência da minha vida». Por isso, o tempo da oração não é perdido, é tempo em que se abre o caminho da vida, para aprender de Deus um amor ardente a Ele, à sua Igreja, e uma caridade concreta para com os nossos irmãos. 

Tags:
OraçãoSantosSofrimento
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia