Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 26 Fevereiro |
Santo Alexandre
home iconAtualidade
line break icon

Como poderei estar feliz no céu se um amigo meu está no inferno?

Scube

Patricia Navas González - publicado em 29/10/20

Entenda por que a felicidade do céu é totalmente plena: a comunhão com Deus não deixa espaço para nenhum tipo de limitação

A felicidade do céu é totalmente plena. Nenhuma preocupação, nenhuma dor, nem a mais mínima tristeza: nada pode limitar a suprema e definitiva alegria da comunhão de vida e amor com Deus.

O Catecismo da Igreja Católica explica que cada pessoa, depois de morrer, recebe sua retribuição eterna, seja através de uma purificação, seja para entrar imediatamente na bem-aventurança do céu, ou para condenar-se imediatamente para sempre.

Com relação ao céu, o Catecismo o considera como o fim último e a realização das aspirações mais profundas do ser humano, o estado supremo e definitivo de felicidade, e destaca que viver no céu é estar com Cristo.

São Tomás de Aquino, na Suma Teológica, fala da felicidade de quem ama e exemplifica que o essencial do céu é a visão e a possessão de Deus: lá, Ele brilhará e alegrará pela sua misericórdia e pela sua justiça.

Quanto ao inferno, o Catecismo explica que a principal pena consiste na separação eterna de Deus, em quem o ser humano pode ter vida e felicidade.

Bento XVI, em seu livro "Introdução ao cristianismo", faz referência à "solidão onde a
palavra do amor não tem mais guarida"; e fala do inferno como "fechar-se voluntariamente em si mesmo", não um lugar, mas "uma dimensão da natureza, o abismo no qual se precipita".

"A essência daquilo que chamamos 'céu' está na exclusiva possibilidade de se receber, assim
como alguém só é capaz de se dar o inferno", escreveu o hoje Papa emérito. "Por esta razão, céu sempre será mais do que um destino individual; está em nexo com o 'último Adão', com o homem definitivo e, portanto, em nexo com o destino comum do homem."

"A esperança de imortalidade do indivíduo e a possibilidade de eternidade para toda a humanidade coincidem e se realizam em Cristo", resume.

Alguns anos depois, no primeiro volume de "Jesus de Nazaré", Bento XVI aprofunda nesta esperança e afirma que a glória de ressurreição confere uma alegria, uma "beatitude" maiores que toda felicidade que se possa ter experimentado antes, neste mundo.

A pessoa "só agora sabe o que é realmente a 'felicidade', a autêntica 'bem-aventurança' e, ao mesmo tempo, percebe quão mísero era o que, segundo os critérios habituais, se considerava como satisfação e felicidade", continua.

E conclui: "Suas lágrimas se secarão completamente; e o consolo será total somente quando também o sofrimento incompreendido do passado receber a luz de Deus e adquirir, pela sua bondade, um significado de reconciliação".

Tags:
CéuFelicidadeInferno
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Eucaristia
Reportagem local
Diocese afasta padre que convidou pastor para “concelebrar&...
2
Padre Paulo Ricardo
Nossos tempos são os últimos? A Irmã Lúcia responde
3
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
4
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
5
DOMINIKANIN, SZCZEPIONKA COVID
Jesús V. Picón
Padre desenvolve vacina contra Covid-19 para os pobres
6
SPANISH FLU
Philip Kosloski
Os poderosos conselhos do Padre Pio durante uma pandemia na Itáli...
7
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia