Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 30 Novembro |
São Mirocletes
home iconReligião
line break icon

Beatificação do padre McGivney: ele morreu de um coronavírus em 1890

KNIGHTS OF COLUMBUS'; CHRISTMAS SHIP

Knights of Columbus

Ary Waldir Ramos Díaz - publicado em 29/10/20

Papa aprovou milagre atribuído à intercessão do fundador da Ordem dos Cavaleiros de Colombo, um padre que serviu seu povo durante a pandemia do século XIX

O fundador dos Cavaleiros de Colombo, o Venerável Servo de Deus padre Michael McGivney, será beatificado neste sábado, 31 de outubro de 2020.

Michael McGivney, sacerdote diocesano, nasceu a 12 de agosto de 1852 em Waterbury (EUA) e morreu em Thomaston (EUA) em 14 de agosto de 1890.

Depois da beatificação, um milagre adicional atribuído à sua intercessão será necessário para sua canonização como santo.

Coronavírus

O padre McGivney passou todo o sacerdócio no ministério paroquiano. Ele morreu de pneumonia em 14 de agosto de 1890 – dois dias após seu aniversário de 38 anos – depois de adoecer em meio a uma pandemia. Evidências científicas recentes indicam que essa pandemia – como a atual – pode ter sido causada por um coronavírus.

McGivney é mais conhecido por ter fundado os Cavaleiros de Colombo em 1882. Quase um século antes do Concílio Vaticano II, ele era um padre que preparava os leigos para servir à Igreja e ao próximo de maneira autêntica.

Hoje, os Cavaleiros de Colombo são uma das maiores organizações católicas do mundo, com 2 milhões de membros na América do Norte e Latina, Caribe, Ásia e Europa.

Milagre pró-vida

O milagre reconhecido pela intercessão do padre McGivney envolveu um bebê ainda não nascido nos Estados Unidos, que em 2015 foi curado no útero de uma condição com risco de morte.

No início deste ano, em um discurso ao Conselho dos Cavaleiros de Colombo, o Papa disse que a organização foi fiel “à visão de seu fundador, o Venerável Michael McGivney, que foi inspirado pelos princípios da caridade e fraternidade cristã para ajudar os mais necessitados”.

Nascido de pais imigrantes irlandeses em 1852 em Waterbury, Connecticut, o padre McGivney foi uma figura central no dramático crescimento da Igreja nos Estados Unidos no final do século XIX.

Ordenado em Baltimore em 1877, serviu uma comunidade de imigrantes e americanos de descendência irlandesa na então diocese de Hartford.

Em um momento de sentimento anticatólico, ele trabalhou incansavelmente para manter seus fiéis próximos da fé. Em parte encontrando soluções práticas para seus muitos problemas, tanto espirituais quanto temporais.

Cavaleiros de Colombo

Com um grupo dos principais homens católicos de New Haven, ele fundou os Cavaleiros de Colombo em 1882, na Igreja de Santa Maria, para fornecer apoio espiritual a homens católicos e recursos financeiros para famílias necessitadas.

O grupo logo se tornou uma força importante nas áreas de evangelização, caridade, integração racial e defesa da liberdade religiosa.

O padre McGivney morreu aos 38 anos de idade vítima de um vírus que contaminou sistematicamente a população.

Ele ficou conhecido por seus contemporâneos por sua devoção à fé e sua personificação das características do “Bom Samaritano”. Sua causa de santidade foi aberta na Arquidiocese de Hartford em 1997.

São João Paulo II – que era Papa na época – elogiou os princípios do padre McGivney. Ele declarou em 2003: “Em fidelidade à visão do padre McGivney, continuem buscando novas maneiras de ser fermento do Evangelho no mundo e uma força espiritual para a renovação da Igreja em santidade, unidade e verdade.”

Em março de 2008, ele foi declarado Venerável Servo de Deus pelo Papa Bento XVI. Durante sua visita à Catedral de São Patrício, Bento XVI citou a “conquista notável daquele exemplar sacerdote americano, o Venerável Michael McGivney, cuja visão e zelo levaram ao estabelecimento dos Cavaleiros de Colombo.”


Antonia Salzano Beato Carlo Acutis

Leia também:
Esta mãe vai presenciar em vida a beatificação do próprio filho adolescente!


PADRE PIO

Leia também:
Filho espiritual do Padre Pio agora a caminho da beatificação

Tags:
BeatificacaoIgreja CatólicaSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
FIRST CENTURY HOUSE AT THE SISTERS OF NAZARETH SITE
John Burger
Arqueólogo diz ter encontrado a casa onde Jes...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia