Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Julho |
Santa Marta
home iconReligião
line break icon

Como a cruz passou a ser o símbolo do cristianismo

CROSS

Brian A Jackson | Shutterstock

Lucien de Guise - publicado em 09/02/21

Os primeiros cristãos hesitavam em usar um crucifixo, que consideravam degradante, na prática de sua fé

Por dois séculos, os seguidores da nascente fé cristã evitaram fazer do instrumento da morte de Cristo uma medalha de honra. Muitos não católicos ainda comparam o uso de um crucifixo com algo como pendurar o símbolo de uma cadeira elétrica em volta do pescoço.

O crucifixo era visto como degradante

Assim também teriam pensado as primeiras comunidades cristãs. A crucificação era uma forma de execução destinada a ser excruciante e humilhante. Era uma degradação pública deliberada. Para os cristãos convertidos que vinham de formação judaica, a figura de um Deus crucificado era pior do que degradante: era contra séculos de sua religião e cultura.

No começo havia “a Palavra”

Cristo amava as palavras e contava histórias. “Eu sou o Alfa e o Ômega” é uma expressão usada várias vezes no Novo Testamento. Como o grego era a língua franca do Mediterrâneo oriental, os primeiros cristãos usaram o alfabeto grego para criar um símbolo escrito pelo qual podiam se identificar. As palavras também eram poderosas em hebraico. Até hoje, a palavra hebraica para Deus (abreviada para YHWH) raramente é falada ou escrita por completo. É referida como “O Nome”.

Os primeiros cristãos eram igualmente reticentes em promover o nome da imagem de Deus. “Peixe” foi sua primeira escolha como referência a Cristo. Em parte porque seu Salvador falou em ser um “pescador de homens”, e também porque a palavra grega para peixe (ichthus) pode ter um duplo significado: Jesus (Iesos) Cristo (Christos) de Deus (theou) Filho (uios) Salvador (soter).

Jogos de palavras com o nome de Cristo são discutidos com mais frequência do que as referências à Sua cruz. Isso mostra a importância do símbolo, antes de ser representado fisicamente. Por volta do ano 200, o teólogo Hipólito escreveu sobre fazer o sinal da cruz na testa “pois este é um sinal da Sua Paixão”. Logo depois, passou a ser recomendado como remédio para picadas de escorpião. A ideia da cruz havia claramente se consolidado.

Veja a galeria de fotos:

O estaurograma

Um candidato à representação física mais antiga da cruz de Cristo é o estaurograma. Composto pelas letras gregas Tau e Rho, seu som lembrava a palavra grega para crucificar, “stauroo”. Usado principalmente em textos escritos do século 2, ele na verdade se assemelha a uma pessoa em uma cruz.

O Símbolo Chi Rho

Um pouco mais difundido era o símbolo Chi Rho, que combinava as duas primeiras letras do nome de Cristo em grego para formar uma imagem que parecia menos com uma cruz do que com o estaurograma. O Chi Rho é mais parecido com o símbolo papal das chaves cruzadas. Isso não é coincidência, já que os papas continuam a usar os dois. Esses símbolos transmitem um pouco do esplendor imperial de Constantino, o Grande, que primeiro adotou o Chi Rho.

Inscrições ou imagens sagradas?

À medida que o cristianismo viajou para o oeste, encontrou culturas que não apenas gostavam de imagens esculpidas, mas frequentemente não tinham linguagem escrita. O primeiro exemplo é, notoriamente, um tipo de graffiti de um semianalfabeto anônimo em Roma. Certamente não foi feito pela mão de um cristão e há muitos motivos para duvidar dessa imagem. Pode ser considerada uma crucificação, mas não a crucificação de Jesus.

Datar corretamente muitas dessas supostas cenas de crucificação é outro problema. Pensa-se que uma pedra preciosa esculpida no Museu Britânico pode ser a imagem não blasfema mais antiga da crucificação. É um item preocupante, no entanto. O amuleto pode ter sido produzido por uma seita herética e mostra claramente Cristo preso à cruz com cordas em vez de pregos.

O caixão de marfim representando a crucificação de Cristo

Meu símbolo favorito como a primeira representação inequívoca da morte de Nosso Senhor é um caixão de marfim, feito em Roma por volta de 420. Ele tem todos os atributos que reconheceríamos hoje. Maria e São João choram ao pé da cruz, enquanto o soldado romano Longinus está perfurando o tronco de Cristo. A vítima está presa com pregos. Podemos ainda ver o arrependido Judas pendurado em uma árvore. O mais convincente de tudo é que nos traz de volta à palavra escrita. Acima da cabeça do homem crucificado está metade do título em latim que conhecemos tão bem: “Rei dos Judeus”.




Leia também:
Quem é Jesus Cristo? Resumo


Pope Audience

Leia também:
Papa: Jesus é o Filho de Deus vivo, o Redentor

Tags:
CruzHistória da IgrejaJesussimbolos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira reza todos os dias às 3h ...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
CANDLELIGHT PROCESSION AND ROSARY
Elizabeth Zuranski
A oração escondida no fim da Ave-Maria
4
menino Lázaro curado câncer
Aleteia Brasil
Brasil: família testemunha cura de menino com câncer por interces...
5
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
6
Padre Zezinho
Reportagem local
Cura pela televisão é possível? Pe. Zezinho desmascara manipulaçõ...
7
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia