Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 22 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Acha que Deus não ouve a sua oração? Então siga estes conselhos

panic attack

Por ruigsantos

Claudio de Castro - publicado em 11/02/21

Em momentos de dificuldade você pode fazer estas duas coisas

Os leitores da Aleteia sempre me escrevem abordando questões ligadas à oração. De fato, esse é um tema recorrente – e um dos meus favoritos. Somos simples criaturas, com uma vida passageira neste mundo. Mas também temos uma alma imortal. Todos somos vasos de barro que guardam o enorme e valioso tesouro da eternidade.

E mais: somos templos do Espírito Santo, filhos de Deus, criados à Sua imagem e semelhança.

De fato, este Pai Celestial quer estar em contato com seus filhos, quer que nós O busquemos e O amemos livremente. Ele poderia fazer tudo diferente, mas escolheu nos dar o livre-arbítrio, a liberdade plena para que possamos amá-lo e buscá-lo.

Portanto, somos livres e decidimos nosso futuro na eternidade, de acordo com as nossas ações.

Seguindo esta linha de raciocínio, temos que dizer que a oração é a melhor forma de ficarmos na presença de Deus. Santo Afonso Maria de Ligório, explicou: “Quem reza se salva, quem não reza se condena”.

Evidentemente, quem não reza enfraquece sua alma; sua relação com Deus se deteriora, cai com extrema facilidade em pecado e termina se afastando do Pai.

A oração: necessidade básica

Para nos comunicarmos com Deus, precisamos rezar. Falar com ele. Temos as Escrituras para ouvirmos sua voz e conhecer as vontades Dele em nossas vidas.

Entretanto, a pergunta que muitos se fazem é a seguinte: “Deus me ouve?”

De fato, as pessoas têm sérias dificuldades para entender o motivo pelo qual rezam. Elas acham que Deus não as ouve a oração nem responde. “O que devo fazer? Rezo todo dia, mas tudo continua igual. Não encontra a saída” dizem muitos.

Deus é amor e ama a todos incondicionalmente. Portanto, o caminho para chegar até ele é o amor.

Certa pessoa perguntou a Madre Teresa de Calcutá o que deveria fazer nos momentos de dificuldade. A Madre sugeriu: “Dedique-se a amar. O resto virá como consequência”.

Por outro lado, o Padre Pio nos dá outra chave: “Reze, tenha fé e não se preocupe”.


A oração e a paz de Cristo

Leia também:
Já teve um sentimento de paz na alma? É Deus respondendo às suas orações

Tags:
Oração
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia