Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 16 Outubro |
Santa Margarida Maria Alacoque
Aleteia logo
home iconEm foco
line break icon

Minha professora é a velha 

Di AimPix|Shutterstock

Francisco Borba Ribeiro Neto - publicado em 19/09/21

Professores sábios e experientes, que amam seus alunos, realmente conseguem bons resultados

Vinte e um de setembro é o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência. A data vem quase em seguida a uma infeliz declaração do ministro da Educação, para o qual “alunos com deficiência atrapalham o aprendizado de outras crianças” – frase pela qual ele próprio se desculpou posteriormente. Com isso, recordei um episódio ocorrido nos hoje longínquos anos ‘80, na Itália.

Na época, conheci um antigo militante da esquerda extraparlamentar que desejava se aproximar da Igreja Católica. A esquerda extraparlamentar é um capítulo trágico da história política recente. Desencantados com a democracia e com a ação parlamentar, alguns militantes de esquerda tentavam formas mais extremas de participação política, que forçassem a mudança das instituições. O extremismo crescente também não obtinha resultados, levando os mais sectários a chegar na luta armada e no terrorismo, deixando os mais sensatos na desilusão. Uma lição que não poderia ser esquecida nesses tempos em que esquerda e direita frequentemente defendem a antipolítica!

As duas professoras

Mas, voltemos a nossa história. Esse militante se aproximou da Igreja por causa de seu filho pequeno. Nas escolas italianas, no ensino fundamental, as crianças com deficiência estudam junto com as outras, e a professora ganha uma assistente, que ajuda não especificamente o aluno com deficiência, mas todo o trabalho em sala de aula. Isso havia acontecido na classe do filho desse militante a que me refiro.

A professora titular era uma senhora de idade, com métodos pedagógicos considerados ultrapassados, muito centrados em castigos e recompensas, enquanto a assistente era uma jovem muito bem formada, que usava métodos modernos e entrava frequentemente em confronto com a outra. Os pais das crianças, a começar pelo nosso militante e sua esposa, iniciaram um movimento para demitir a velha professora e colocar a nova em seu lugar.

Um dia, os alunos escreveram uma redação intitulada “Minha professora”. O filho do militante começou sua redação justamente com a frase que dá título a esse texto: minha professora é a velha. O texto estava centrado na relação do menino com a idosa. Vendo aquilo, o pai perguntou por que ele fizera a redação falando só da velha, sem se referir à nova. 

O menino explicou que havia percebido que algumas pessoas estavam querendo tirá-la da escola e ela estava muito triste por causa disso. Assim, resolvera escrever a redação para ela, para animá-la e mostrar como ela era importante para ele. O pai percebeu que a velha professora e o menino se gostavam mutuamente, que se viam como duas pessoas, em toda sua humanidade, e não só em função de suas funções na escola.

Para o militante, foi uma descoberta. Entendeu que os afetos e uma humanidade vivida integralmente são mais importantes do que os papeis sociais, que uma correta concepção de pessoa e um amor verdadeiro podem superar propostas metodológicas e programas políticos. A partir daí, ele – que era ateu – intuiu que a Igreja é “mestra em humanidade” e procurou aproximar-se dela.

Aqui, é a pessoa que faz a diferença

Fui professor – e professor de futuros professores – na maior parte de minha vida. Já tive deficientes em minhas salas de aula e sei que eles representam um desafio tanto para o docente quanto para a comunidade escolar, mas são uma riqueza para todos. Cada um de nós é um dom para os outros. Contudo, aqueles que enfrentam maiores dificuldades são uma riqueza ainda maior para a coletividade, pois nos ajudam a compreender o valor incomensurável de cada um de nós.

Aprendi ao longo desses anos que a educação é uma relação onde nossa humanidade é particularmente envolvida. Professores sábios e experientes, que amam seus alunos, realmente conseguem bons resultados até com metodologias inadequadas e carência de recursos. Por outro lado, métodos excelentes e ótimos recursos são pouco efetivos se falta esse elemento pessoal do professor.

A discussão sobre inclusão na escola tem muito a ver com essa dimensão humana da escola. Em processos repetitivos, robôs são muito mais eficientes que pessoas – mas nem por isso deixam de ser robôs e não seres humanos. Uma educação eficiente exige seres humanos e forma outros seres humanos, não é uma atividade para robôs.

Além disso, o sistema educacional brasileiro é muito complexo, integrando vários níveis de gestão, desde os diretores das escolas até o ministro da Educação. Quem estuda essa realidade muito plural, constata que os maus gestores, mais preocupados em fazer política e com ganhos privados, são o maior entrave à educação nacional. E os casos de sucesso sempre vem com bons gestores e professores dedicados, que amam os alunos e querem realmente construir o bem comum.

Tags:
Educação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
2
Milagre do Sol em Fátima
Reportagem local
13 de outubro: o dia em que o mundo presenciou o Milagre do Sol e...
3
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
4
Restauração da imagem de Aparecida por Maria Helena Chartuni
A12
Arrebentada em 200 pedaços: a impactante experiência da restaurad...
5
PRIEST-EUCHARIST-ELEVATION-HOST
Philip Kosloski
O que devemos rezar quando o padre eleva a hóstia e o cálice?
6
MULHER REZANDO
O São Paulo
Rezar deitado: é certo ou errado?
7
Claudio de Castro
Uma alma do Purgatório te agradecerá por isto
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia