Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 14 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Governo da Lituânia orienta população a jogar fora celulares chineses

Regime comunista chinês

gopixa/Shutterstock

Francisco Vêneto - publicado em 04/10/21

Ministério lituano da Defesa apontou que os aparelhos vinham com funções de detecção e censura ideológica

O governo da Lituânia, através do Ministério da Defesa, orientou os cidadãos a não comprarem aparelhos celulares chineses e até mesmo a jogá-los fora caso já os possuam.

O motivo da inusitada medida são graves acusações de censura: um relatório do órgão de segurança digital do governo lituano apontou que os aparelhos vinham com funções de detecção e censura de termos considerados particularmente “inoportunos” para a ditadura de Pequim, como “Tibete Livre”, “independência de Taiwan” e “movimento pela democracia”. Tais funções estavam aparentemente desativadas na União Europeia, mas poderiam ser ativadas remotamente a qualquer momento pelas fabricantes.

Segundo o jornal South China Morning Post, citado por matéria do jornal O São Paulo, da arquidiocese paulistana, o vice-ministro lituano da Defesa, Margiris Abukevicius, recomendou “não comprar novos telefones chineses e nos livrar dos já comprados o mais rápido possível”.

Ainda segundo O São Paulo, as fabricantes chinesas de celulares negaram o caso. Uma delas, em comunicado, afirmou:

“Nunca restringimos nem bloquearemos qualquer comportamento pessoal de nossos usuários de smartphones, como pesquisa, ligação, navegação na web ou o uso de software de comunicação de terceiros”.

A mesma companhia, que é uma das gigantes do setor, se disse comprometida com os direitos dos usuários e com o cumprimento da legislação europeia de proteção de dados pessoais, que é reconhecida por levar o assunto a sério, fiscalizando e multando pesadamente as corporações que a infringem.

A ditadura do Partido Comunista Chinês é recorrentemente denunciada internacionalmente por violar direitos humanos em todos os níveis. Entre as violações cotidianas está o extraordinário sistema de vigilância, controle, censura e perseguição imposto pelo regime aos cidadãos, conforme é exemplificado no seguinte artigo:

Tags:
IdeologiaPolíticatecnologia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia