Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 15 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Pandemia causou queda persistente na participação na Missa

MASS

wideonet | Shutterstock

J-P Mauro - publicado em 15/11/21

Uma pesquisa recém-divulgada mostra uma queda preocupante no números de participantes nas missas e também queda nas doações

Uma pesquisa do Pillar Catholic revelou a queda persistente no número de participantes das missas, mesmo agora que praticamente já não há mais restrições pela pandemia. De acordo com a mais recente “Pesquisa sobre Atitudes e Práticas Religiosas”, o número de católicos que afirmam participar da missa toda semana caiu 14% nos EUA. Esse número se reflete quase diretamente nas coletas semanais, que caíram 12%.

Presença na igreja

Antes da pandemia, uma pesquisa de 2019 revelou que 41% dos católicos afirmaram participar da missa semanalmente. Nesse mesmo ano, outros 41% responderam que iam à missa com menos frequência, variando entre duas a três vezes por mês. Por outro lado, 18% dos entrevistados disseram que já não frequentavam a missa antes da pandemia.

A recente pesquisa do PillarCatholic indica que agora a participação na missa semanal está em 36%. O número de participantes menos assíduos chega a 35%. E 29% dizem que não participam da missa.

O Pillar Catholic observou que, embora a mudança de números possa não parecer tão acentuada, a mudança no último grupo é preocupante. Ou seja, o salto de 18% para 29% dos que não vão à missa representa um aumento de 62% dessa tendência negativa. Isso representa um desafio o enorme para as paróquias.

Demografia

No que diz respeito à demografia da queda na participação, a pesquisa algo surpreendente. Em média, descobriu-se que os mais idosos estão entre os que pararam de ir à igreja. Atualmente, a idade média dos frequentadores semanais da missa é de 46 anos, enquanto a idade média daqueles que dizem ter parado de ir é de 50 anos. 

Não está claro quais fatores levaram a essa mudança de tendência, já que as gerações mais velhas eram as mais fervorosas participantes, de acordo com as pesquisas anteriores.

Confissão é fundamental

Uma descoberta interessante da pesquisa foi a relação entre a frequência semanal à igreja e o sacramento da Reconciliação. 50% dos católicos que frequentam regularmente a missa afirmam se confessar pelo menos uma vez por mês. Da metade que se confessa regularmente, 85% disseram ter retornado à missa semanal. Por outro lado, apenas 56% daqueles que não se confessam regularmente voltaram à participação semanal na missa.

Tags:
igrejasLiturgiaMissa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia