Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 27 Janeiro |
Beato Jorge Matulaitis 
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Pe. Manzotti: “precisamos afirmar que somos o povo de Deus e temos um Rei”

shutterstock_69607486.jpg

Shutterstock

Padre Reginaldo Manzotti - publicado em 16/11/21

A festa de Cristo Rei nos recorda que devemos permitir que Cristo reine em nossos corações e em nossas vidas, que temos que lutar para que o Seu Reino seja instaurado desde agora no mundo

Já estamos nos aproximando do último final de semana do ano litúrgico, quando celebramos a festa litúrgica de Cristo Rei do Universo. Esta festa tem sentido escatológico, pois celebramos Jesus Cristo como Rei e Senhor de todo o Universo.

Esta festa existe para dizer que Nosso Senhor Jesus Cristo é maior que qualquer autoridade no mundo civil. Portanto, para nós, precisa ser maior que todos os valores que podem nos fazer perder o horizonte da eternidade.

Rei é uma palavra que significa poder, influência, domínio e esse título é dado a Jesus. Mas o que tem a ver um título desses com Ele? Lançar um olhar sobre a imagem de Cristo padecente na cruz, pobre, obediente, resignado e sobre a imagem de Cristo Rei é contrastante. Tiraram a coroa de espinhos e colocaram uma coroa do mundo, tiraram o cajado de pastor e colocaram um cetro de poder. Engano da Igreja? Não, Jesus é o Rei do Universo. Sua autoridade não se origina de um poder que oprime, mas do amor e do serviço.

Cristo é Rei Glorificado

Cristo é Rei na Cruz, é Rei glorificado. Ele conquistou a realeza pelo humilde serviço, assumindo nossa humanidade e se entregando na cruz para nos remir da maldição do pecado, como nos ensina São Paulo: “Sendo Ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus, mas aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens. E, sendo exteriormente reconhecido como homem, humilhou-se ainda mais, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz! Por isso, Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no Céu, na Terra e nos Infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é o Senhor” (Fl 2,6-11).

Não somos um povo errante. O mundo não está perdido, como muitos querem. É muito fácil falar em destino, em acaso, como se fôssemos seres à deriva. Nós temos que afirmar que somos o povo de Deus e temos um Rei, um Soberano: Jesus Cristo. Ele tem o mundo em Suas mãos. Ele tem a história e nossas vidas em Suas mãos.

O Reino não está completo

Embora o reinado de Jesus já tenha sido conquistado na cruz e Ele tenha o cetro da eternidade, a coroa da imortalidade, Seu reino requer a concretização de cada um de nós. O reino de Jesus não está completo enquanto a humanidade não estiver voltada para Deus. É uma pequena dinâmica entre o “já” e o “ainda não”. O “já” são sinais, flashes de bondade, das maravilhas que vemos no mundo. O “ainda não” é o que o ser humano pode fazer de pior: as guerras, mortes, assassinatos, roubos.

A festa de “Cristo Rei” nos recorda que devemos permitir que Cristo reine em nossos corações e em nossas vidas, de lutarmos para que o Seu Reino seja instaurado desde agora no mundo. Por que não fazer o Reino de Deus acontecer no hoje da nossa história? Se cada um de nós mudarmos nossas consciências, nossa forma de ver as coisas, mudaremos o mundo. Proclamemos o senhorio de Jesus consentindo que Ele reine em nossas vidas, praticando o amor, o direito e a justiça.

Tags:
JesusLiturgiasalvacao
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia