Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 08 Dezembro |
Imaculada Conceição de Nossa Senhora
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

O rosto de Jesus Misericordioso, segundo a visão do Pe. Dolindo Ruotolo

JEZUS

Jozef Klopacka | Shutterstock

Ilustracja poglądowa.

Anna Gębalska-Berekets - publicado em 23/11/21

O padre italiano mandou pintar o quadro alguns anos antes de sua morte. E a história da criação desta imagem é extraordinária!

O túmulo do Pe. Dolindo Ruotolo está na Igreja de San Giuseppe dei Vecchi, em Nápoles. O rosto de Jesus é visível acima do seu local de descanso eterno.

O padre mandou pintar o quadro alguns anos antes de sua morte. A história da criação desta imagem é extraordinária e vale a pena conhecer!

“Jesus, cuida deles”

Pe. Dolindo Ruotolo era sempre visto com um saco cheio de pedras. Ele o chamava de “bolsa preciosa para o céu”. Esta era uma das muitas formas de penitência que ele oferecia para a salvação das almas.

O padre, inclusive, chamava seus perseguidores de benfeitores, porque eles lhe davam a oportunidade de experimentar o sofrimento.

O religioso tinha até estigmas, mas poucos sabiam da ferida profunda em seu ombro direito.

Muitas vezes ele pedia a graça da conversão de seus entes queridos. “Jesus, cuida deles”, repetia em momentos difíceis.

Jesus pediu para pintar a sua imagem

Uma de suas filhas espirituais foi Lucia Altomare La Porta. Um dia, o Padre Ruotolo pediu-lhe que pintasse um quadro de Jesus.

Ele lhe explicou cada detalhe. Queria que o rosto do Salvador se parecesse com o do Sudário de Turim e que se assemelhasse a uma misteriosa fotografia tirada por uma mexicana. Na verdade, a mulher fotografou o tabernáculo e, após revelar a foto, em vez do altar e do tabernáculo, apareceu apenas uma imagem de Jesus.

Lucia, então, ficou apavorada. Ela não tinha certeza se conseguiria lidar com o desafio. Mas, finalmente, assumiu a tarefa.

Antes de a pintora começar o trabalho, o padre abençoou as mãos dela e as ferramentas.

Os três primeiros esboços foram rejeitados pelo religioso por não se assemelharem às imagens escolhidas.

A mulher, então, disse que não era a pessoa certa para o trabalho. Ela pediu ao clérigo que encontrasse outro artista.

Em seguida, o Padre Dolindo levou Lucia à igreja e pediu que ela se ajoelhasse. Ele colocou um rosário na cabeça dela, abençoou-a e acrescentou:

“Agora você não precisa mais se preocupar, entregue-se a Jesus, e não será mais você quem o pintará, mas Jesus com as suas próprias mãos.”

Pe. Dolindo Ruotolo: «Esta imagem vai converter as pessoas»

Depois de terminar o trabalho, ele disse: “Sim, é ele!” Em nome de Jesus, agradeceu Lucia com as seguintes palavras:

“Quando você me pintou e seu pincel mergulhado em seu amor delineou os traços dos meus olhos, eu estava olhando para você e sua família.”

No verso da imagem pintada, o padre escreveu:

“Cada cópia desta imagem é como um grito, uma prece ao meu Reino de Amor.”

Ele também disse que o rosto de Jesus ajudaria as pessoas a se converterem. “Esta imagem converterá as pessoas”, frisou frequentemente o Pe. Dolindo Ruotolo.

Jesus, na pintura citada, tem belos olhos azuis, seu olhar é profundo e comovente. 

Infelizmente, o original da pintura foi roubado, mas a Providência queria que uma cópia fotográfica da imagem se espalhasse pelo mundo, multiplicando os favores prometidos.

“Os olhos que pintaram Jesus não podem ver no escuro”

Os fiéis que oraram diante da imagem de Jesus experimentaram curas milagrosas no corpo e na alma. Uma dessas pessoas foi Lucia, que criou esta pintura.

Depois de pintar o rosto do Salvador, ela parou de enxergar. Mas, com o tempo, recuperou a visão de forma milagrosa.

“Os olhos que pintaram Jesus não podem ver na escuridão”, disse-lhe o Padre Dolindo Ruotolo.

Quem chega ao túmulo do clérigo italiano consegue ver a imagem. Os peregrinos pedem a graça da cura para si próprios e para os seus entes queridos.

Grazia Ruotolo, a única parente viva do místico napolitano, também visita regularmente o túmulo de seu tio. Seu pai, Umberto, era primo do Padre Dolindo.

Em entrevista ao jornal italiano Avvenire, ela fala sobre as emoções que sente cada vez que visita o local:

“Ele deixou um testamento espiritual que, mesmo depois da morte, estará sempre com quem vier aqui”, explica a mulher.

Tags:
ArteJesusMisericórdiaOraçãoSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia