Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como fazer meu marido dizer que me ama

couple

Pink Panda/Shutterstock

Dolors Massot - publicado em 23/02/22

Uma das grandes queixas por parte das esposas é a falta de expressão de afeto e carinho dos cônjuges. Como mudar esse comportamento?

Em consulta, ouvi de um homem casado:

– No nosso aniversário de casamento, eu disse à minha esposa, com muita sinceridade, que sou casado e feliz, ao que ela respondeu com uma cara fiea que ela é simplesmente… casada!

O paciente continuou:

– Certamente me mantenho muito ocupado e ela só reclama, sem entender que é porque me sinto responsável por não lhe faltar nada.

Eu, então, respondi:

– Bem, ela não está reclamando de sua responsabilidade, mas da falta de expressões de carinho, ou, dito de outra forma, você não a ama como ela quer ser amada.

O paciente ainda relatou que, aparentemente, tinha certa incapacidade afetiva. Eu o alertei:

—Você não é incapaz de dar carinho, tem, sim, um déficit nessa qualidade, mas pode corrigi-lo aprendendo diferentes formas de expressar seu amor, todas elas muito importantes porque estão enraizadas nas profundezas da personalidade de cada indivíduo.

Existem várias maneiras de crescer no amor de um casal, que os casais podem aprender a cultivar.

Como dizer que ama

Estes são os elos da cadeia de compreensão e demonstração de afeto próprios do amor conjugal:

Amor conjugal. Consiste em ser fiel e responsável com todas as obrigações do papel de cônjuge. No caso dele, é o de provedor para que nada falte no lar. A ele também cabe ajudar em certas tarefas domésticas. Através desta forma de amar, os esposos se doam…

Amor físico. Expresse com palavras e manifeste atração física. É preciso fazer um esforço para cuidar da atratividade, em termos de higiene pessoal, manutenção do peso, exercícios, entre outros aspectos.

shutterstock_178468880.jpg
Você se lembra como eram seus dias de namoro? Faça-os renascer.

Amor romântico. Tem a ver com manter vivas todas as lembranças que pertencem apenas aos cônjuges. É a co-biografia que eles formaram com esforço. Isso inclui celebrar datas de aniversário, dia dos namorados, dar presentes e detalhes especiais, fazer passeios juntos e promover jantares íntimos, por exemplo.

Valorização amor. Trata-se de projetar sentimentos no dia a dia. No caso dele, por exemplo, dizer à mulher como ela é bonita, como a casa está arrumada e limpa, como ela é boa administradora, como cozinha bem ou como conseguiu resolveu esta ou aquela situação maestria. 

Amor dialógico. Em princípio, fale e abra a intimidade do próprio ser. Em seguida, expanda a comunicação para outros temas de interesse mútuo, como negócios, política, opinião pública, esportes, amizades e hobby.

Um detalhe de contato físico pode fazer a diferença.

Amor de namoro. Resgate aqueles pequenos e grandes detalhes que estavam presentes na fase do namoro e que eram o carinho que nascia. Um tempero que muitas vezes está ausente nas relações conjugais. O beijo suave na bochecha, dar as mãos ao andar na rua, abrir a porta do carro para ela ao embarcar, puxar a cadeira no restaurante, ser legal e interessante sem se levar muito a sério, e muito mais.. .

Com base nestas lições, eu disse ao meu paciente:

— Muito bem, agora é só começar com algumas resoluções. Com isso, você ganhará terreno no amor por sua esposa, que voltará a sorrir e se sentirá bem casada e amada.

O amor pertence ao mundo do dinamismo, por isso é necessário encontrar novas formas de viver o “nós” do casal, evitando a rotina no amor ou os mal-entendidos que adoecem a relação.

Como fazer meu marido dizer que me ama
Leia também:

Tags:
AmorCasamentoComunicação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia