Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 22 Maio |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Ucrânia: carmelitas decidem ficar em seus mosteiros

carmelitas

Capture Twitter

Les Carmélites de Kharkov et de Kiev, en Ukraine.

Bérengère Dommaigné - publicado em 25/02/22

Apesar da intervenção russa em andamento e em meio a temores de muitas tragédias, as carmelitas da Ucrânia acabaram de anunciar que não deixarão seus mosteiros e que permanecerão no país

Assim que a oportunidade surgiu na década de 1990, as carmelitas se estabeleceram na Ucrânia, especialmente em um mosteiro em Kiev, para ajudar com sua oração e presença na reconstrução espiritual da sociedade pós-comunista.

A partir de então, elas conseguiram abrir outros mosteiros, incluindo um novo convento em um subúrbio da capital ucraniana, onde ainda estão hoje e pretendem ficar.

Foi de fato através de um tweet da Cúria Geral do Carmelo Dechaussé que as Carmelitas de Kharkov e Kiev anunciaram sua intenção de permanecer em seus mosteiros, apesar da guerra. Elas também convidam você a rezar por seus irmãos e irmãs religiosos e por todos os habitantes da Ucrânia.

Por sua vez, o Papa Francisco anunciou um dia de oração e jejum na quarta-feira, 2 de março, o dia de início da Quaresma com a Quarta-feira de Cinzas. “À diabólica insensatez da violência se responde com as armas de Deus: com a oração e o jejum”, disse o Papa na audiência geral na quarta-feira, 23 de fevereiro. “Que a Rainha da Paz preserve o mundo da loucura da guerra.”

Tags:
GuerraUcrâniaViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia