Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 05 Julho |
Santo Atanásio do Monte Athos
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Artista do Texas doa caixões personalizados para vítimas do massacre em escola

SOUL SHINE INDUSTRIES

soulshine_industries | Instagram | Fair Use

Sarah Robsdotter - publicado em 02/06/22

"Aqui não pintamos apenas caixões; representamos as vidas das pessoas que passaram"

Trey Ganem, da empresa de caixões SoulShine Industries, em Edna, Texas, e o seu filho de 25 anos Billy Ganem correram contra o relógio na semana passada para criar 19 caixões altamente personalizados para as vítimas do massacre na escola de Uvalde: 18 das 19 crianças e um adulto.

“Nenhuma família deveria ter de enterrar uma criança”, disse Trey Ganem numa entrevista à NBC Dallas Fort Worth. “Aqui não pintamos apenas caixões; representamos as vidas das pessoas que passaram”.

View this post on Instagram

A post shared by SoulShine Industries (@soulshine_industries)

Ganem descreveu-se apenas como um dos muitos voluntários da indústria funerária local que doaram tempo e esforço para fazer o memorial das vítimas da recente tragédia horrível.

Ele explicou que o primeiro desafio foi enfrentado pelo seu fabricante baseado na Geórgia, que trabalhou 20 horas seguidas para criar caixões suficientes para crianças (este elevado número de pequenos caixões raramente é mantido em estoque).

Depois disso, foi contratada uma empresa de transporte para conduzir as 26 horas de ida e volta, a fim de trazer os caixões à oficina de Ganem, no Texas.

A entrega chegou às 2 da manhã de sexta-feira. Nessa altura, Ganem tinha entrevistado famílias das vítimas a fim de criar o Super-Homem, Star Wars e os outros caixões temáticos.

E enquanto Ganem e o seu filho Billy Ganem – ambos antigos designers/pintores de automóveis personalizados – trabalham normalmente sozinhos, eles tinham voluntários a trabalhar com eles sem parar, lixando, decalcando e pintando os caixões; cada voluntário teve apenas algumas horas de sono até os caixões serem entregues no sábado e domingo.

“Estamos aqui para tentar facilitar um pouco as coisas”, Billy Ganem, de 25 anos, explicou numa entrevista à News Nation. “Na verdade, não há nada que possamos fazer para facilitar as coisas, mas esse é o nosso objetivo: ajudar as famílias… a começar o seu luto e a sua cura e apenas tentar fazer algo especial para elas”.

Tags:
CriançasMorteViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia