Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 04 Dezembro |
São Bernardo, bispo de Parma
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Pe. Zezinho: “a atleta em segundo lugar ficou chorando sozinha”

Ficar em segundo lugar

sportoakimirka / Shutterstock

Pe. Zezinho - publicado em 07/06/22

"Ninguém a abraçou, ninguém chegou perto, ninguém deu uma palavra de conforto. Eram lágrimas de uma jovem que chegara ao segundo lugar, mas ninguém festejou sua vitória"

A atleta que ficou em segundo lugar, com 18 anos, ficou chorando sozinha, observou o pe. Zezinho a respeito de um torneio de tênis.

Ele escreveu, em sua rede social, as seguintes reflexões sobre o estranho e injusto tratamento dispensado a quem conquista a segunda mais elevada posição em uma competição, mas é sempre vista como a perdedora:

“Fiquei olhando a jovem tenista de rosto moreno que ficou em segundo lugar num torneio mundial. A outra que venceu subiu as arquibancadas para abraçar família, treinador e gente importante no mundo do tênis. Foi lindo ver a alegria da vencedora, elogiada como revelação naquele esporte. Tem 19 anos.

A que ficou em segundo lugar, com 18 anos, ficou chorando sozinha. Ninguém a abraçou, ninguém chegou perto, ninguém deu uma palavra de conforto. Eram lágrimas de uma jovem que chegara ao segundo lugar, mas ninguém festejou sua vitória”.

A vitória que poucos reconhecem

“Chegar ao segundo lugar aos 18 anos é uma grande vitória. Mas as lágrimas que escorriam do seu rosto mostravam solidão. Este é o mundo cruel da competição. Não chegar em primeiro é tido como derrota! E não é! Mas os louros da vitória ficam só na cabeça de quem venceu um jogo, quando a outra jovem que venceu muitas vezes agora é relegada ao oblívio, como se fosse a perdedora.

Na verdade, era vencedora por ter chegado em segundo lugar, depois de ter vencido todas a partidas menos a final. Não sei o nome desta jovem, mas orei por ela. Ela é vítima de um mundo que canoniza o vencedor e ignora o segundo vencedor”.

A corrida espiritual

O pe. Zezinho então aplicou a reflexão ao contexto espiritual:

“Na religião também as palavras ‘vitória’, ‘vencedor’, ‘vitória em Cristo’ estão na moda, nem sempre devidamente explicadas. Estar em vigésimo ou milésimo numa corrida espiritual é chegar com méritos. Não desistiu e cruzou a faixa com a dignidade de quem nunca desistiu!

E até para quem desistiu no meio do caminho cabe um abraço. Só Deus sabe por que o seu coração doeu no meio do caminho”.

Tags:
EsporteValoresVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia