Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 25 Fevereiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Papa Bento: “Nunca teria acreditado que seria tão longa a última parte do caminho”

Papa Emérito Bento XVI

Sven Hoppe | POOL | AFP

Francisco Vêneto - publicado em 04/07/22

Secretário pessoal do Papa Emérito se emociona ao falar de como Bento espera serenamente pela hora da partida deste mundo

A “última parte do caminho” rumo à eternidade esteve entre os assuntos da celebração realizada no último dia 18 de junho, em Munique, na Alemanha, para homenagear o Papa Emérito Bento XVI pelos seus 95 anos de idade. O evento foi organizado pela Fundação Joseph Ratzinger/Papa ​​Bento XVI.

Dom Georg Gänswein, secretário pessoal do pontífice quase centenário, relatou um comentário que Bento lhe havia feito sobre a sua serena espera pela hora de partir deste mundo:

“Nunca teria acreditado que seria tão longa a última parte do caminho que me levaria do mosteiro Mater Ecclesiae até as portas do Céu com São Pedro”.

O Papa Emérito, que fez seus 95 anos em 16 de abril, vive retirado no mosteiro vaticano Mater Ecclesiae desde 2013, quando renunciou ao pontificado. Desde então, ele saiu da Itália uma única vez: quando viajou para sua terra natal a fim de se despedir do irmão mais velho, mons. Georg Ratzinger, que estava gravemente doente e viria a falecer poucos dias depois, aos 96 anos.

A frase de Bento, mencionada por dom Gänswein, já foi dita “faz alguns anos”, quando o pontífice emérito conversava com o secretário sobre “o peso e as dificuldades da velhice” e “as críticas à sua pessoa e à sua obra”.

Ao recordar o episódio em que o Papa falava da “última parte do caminho”, dom Gänswein acrescentou sobre a situação atual de Bento:

“O Papa Emérito é um homem muito idoso, fisicamente frágil, mas, graças a Deus, ainda com a mente e os olhos alertos. Sua voz está ficando cada vez mais baixa e incompreensível. Os últimos anos minaram sua força. Mas ele conservou a humilde serenidade do seu coração”.

O secretário, que tem 65 anos e trabalha com Bento desde 2003, ressaltou também o bom humor do Papa Emérito, assim como a sua “mansidão pessoal, que sempre foi uma marca registrada de sua personalidade”.

Dom Gänswein falou ainda sobre a reação de Bento XVI ao saber do evento que celebraria o seu aniversário:

“Ele ficou feliz como uma criança. E me pediu para enviar calorosas bênçãos a todos vocês”.

Tags:
Bento XVIIdososMortePapa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia