Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 27 Setembro |
São Vicente de Paulo 
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Não basta ser sincero, é preciso estar disposto a converter-se

DIO, RICERCA, ALTEZZA

UntimelyNinja|Shutterstock

Pe. Luigi Epicoco - publicado em 28/08/22

A sinceridade é o primeiro passo para aceitar a verdade, mas torna-se orgulho sem a humildade de se deixar converter pela presença de Jesus

O belo elogio que Jesus faz no Evangelho de João 1, 45-51 (passagem abaixo) a Natanael não nos deve distrair de uma maior consideração. Pois este homem elogiado por Jesus por ser autêntico é o mesmo homem que, um momento antes, tinha afirmado preconceituosamente: “Pode alguma coisa boa vir de Nazaré?”

O Evangelho deixa deliberadamente este duplo aspecto de Natanael para nos lembrar que é uma bênção viver sem máscaras, mas não é suficiente achar que se vive e pensa de forma justa.

Ele terá de abandonar os seus preconceitos e compreender que aquele que está prestes a encontrar não só vem de Nazaré, mas é também a resposta às expectativas de cada homem.

Bartolomeu/Natanael é assim o santo padroeiro daqueles que dizem: “Não posso fingir, sou como me vês”, e que, ao dizer a verdade, devem deixar de acreditar que basta ser sincero para dizer que também estão do lado certo da verdade. Sejam ‘os sinceros’, mas que também estejam dispostos a aceitar a conversão.

Se para outros a conversão consiste em começar a ser sincero, para eles consiste em deixar de ser complacente com a sua sinceridade. Pois a sinceridade sem a humildade de se arrepender não é um dom, mas uma forma de orgulho.

Evangelho de João 1, 45-51

Filipe encontra Natanael e diz-lhe: “Achamos aquele de quem Moisés escreveu na Lei e que os profetas anunciaram: é Jesus de Nazaré, filho de José”. Respondeu-lhe Natanael: “Pode, porventura, vir coisa boa de Nazaré?” Filipe retrucou: “Vem e vê”. Jesus vê Natanael, que lhe vem ao encontro, e diz: “Eis um verdadeiro israelita, no qual não há falsidade”. Natanael pergunta-lhe: “Donde me conheces?” Res­pondeu Jesus: “Antes que Filipe te chamasse, eu te vi quando estavas debaixo da figueira”. Falou-lhe Natanael: “Mestre, tu és o Filho de Deus, tu és o rei de Israel”. Jesus replicou-lhe: “Porque eu te disse que te vi debaixo da figueira, crês! Verás coisas maiores do que esta”. E ajuntou: “Em verdade, em verdade vos digo: vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem”.

Tags:
BíbliaJesusMeditação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia