Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Setembro |
São Cosme e São Damião
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Tal como João, também nós somos chamados a trazer Maria para as nossas vidas

MADRE ABBRACCIA FIGLIA

Papuchalka - kaelaimages|Shutterstock

Madre e figlia si abbracciano

Pe. Luigi Epicoco - publicado em 16/09/22

A dor que perfura a alma de Maria sob a cruz é a dor fecunda da Mãe de Cristo que, nessa mesma dor e por mandato do seu Filho, também se torna nossa mãe

Parece que o Evangelho de João quer sugerir uma verdade para todos nós: tal como Jesus não está sozinho na sua experiência da cruz porque a sua Mãe está aos seus pés, assim cada um de nós deve lembrar-se que, por vocação, pela missão explícita de Deus, Maria está aos pés das nossas cruzes.

Contemplar Maria na dor, portanto, não é apenas simpatizar com a dor atroz de uma mãe que vê o seu filho morrer, mas olhar com gratidão para esta Mãe que já não é apenas a Mãe de Jesus, mas também a nossa Mãe:

Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: “Mulher, eis aí teu filho”. Depois disse ao discípulo: “Eis aí tua mãe”.

A atitude de João torna-se então a grande lição para toda a Igreja e para todos os cristãos: Maria não deve ficar circunscrita aos santuários ou às festas marianas locais.

Ela deve ser levada para dentro de casa, para a nossa vida quotidiana. Pessoas simples sempre souberam disso, por isso a oração a Ela foi o que reuniu as famílias, o que incutiu coragem, aquilo a que recorreram em tempos de provação.

Pergunto-me se este ainda é o nosso caso hoje. Se a ternura desta passagem evangélica continuar a ser realizada por nós:

E dessa hora em diante o discípulo a recebeu como sua mãe.

Evangelho segundo São João (19, 25-27)

Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena. Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: “Mulher, eis aí teu filho”. Depois disse ao discípulo: “Eis aí tua mãe”. E dessa hora em diante o discípulo a recebeu como sua mãe.

Tags:
BíbliaevangelhoMariaMeditação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia