Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 25 Fevereiro |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

E se pudéssemos medir o tamanho do amor de Deus por nós?

shutterstock_1638184669.jpg

Tinnakorn jorruang | Shutterstock

Mário Scandiuzzi - publicado em 18/09/22

Nós não somos capazes de compreender a dimensão desse amor, mas podemos experimentá-lo. Sabe como?

Jesus usa as parábolas para nos explicar o quão grande é esse amor e o quão misericordioso é o Pai. É um amor de gestos, de atitudes, e não de palavras. Gratuito, que não espera nada em troca.

Jesus compara o Pai ao pastor que deixa 99 ovelhas no deserto e vai atrás daquela que se perdeu. E quando a encontra, se alegra, coloca-a nos ombros e a carrega de volta ao rebanho (Lucas 15, 4-7).

Semelhante atitude é a do pai da parábola do filho pródigo (Lucas 15, 11-32). Assim que avista o filho caminhando pela estrada, o pai se levanta e vai ao encontro daquele que estava perdido. Não lhe faz perguntas, o abraça, beija e faz uma festa.

Assim é o amor de Deus para cada um de nós. Quando estamos perdidos, Ele sofre, fica com o coração cheio de tristeza e angústia. Lamenta pela ovelha perdida, pelo filho que decidiu reunir todos os seus bens e partir para uma terra distante.

Deus se entristece por aquele que se desviou do caminho. Porque não é isso que Ele deseja. Ele quer a nossa salvação, e por isso fica sempre de olho na estrada, esperando pelo retorno daqueles que se arrependeram e querem voltar. Por isso ele vai em busca da ovelha perdida e, quando encontra, coloca-a nos ombros e faz festa.

Faz festa porque o amor que Ele tem por nós é um amor que transborda de alegria. Faz festa pelo que voltou porque o recuperou com saúde, porque aquele filho “estava perdido e foi encontrado, estava morto e tornou a viver”.

Como o pai da parábola contada por Jesus, Deus não vai nos perguntar por onde andamos, o que fizemos. Isso Ele já sabe. Ele vai olhar nosso coração, enxergar ali nosso verdadeiro arrependimento e a vontade de começar uma vida nova, junto Dele.

O amor de Deus por nós é um amor sem fim. Nós não somos capazes de compreender a dimensão desse amor, mas podemos experimentá-lo através do sacramento da reconciliação e do firme propósito de corrigir nossa vida.

Basta voltar e veremos que Ele virá ao nosso encontro, nos abraçará e nos cobrirá de beijos. Colocará anel em nosso dedo e sandália em nossos pés e ainda fará uma festa para nós.

Tags:
AmorDeusMisericórdia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia