Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 09 Dezembro |
São Cipriano de Genouillac
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Resenha de Imprensa: Na Ucrânia, o pouco espaço de manobra de Francisco

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
000_327H8NL.jpg

RONALDO SCHEMIDT | AFP

I.Media para Aleteia - publicado em 03/10/22

O seu resumo das principais notícias do dia. Uma seleção de artigos escritos pela imprensa internacional sobre a Igreja e as principais questões que preocupam os católicos em todo o mundo. As opiniões e pontos de vista expressos nestes artigos não são dos editores da Aleteia

Segunda-feira, 3 de Outubro de 2022

  1. Na Ucrânia, o pouco espaço de manobra de Francisco
  2. Alerta do presidente da Associação Dominicana de Jornalistas e Escritores sobre os nicaraguenses que foram assassinados
  3. ONU pede ao Vaticano que investigue Dom Ximenes Belo
  4. O aspecto econômico do Jubileu de 2025
  5. A diplomacia vaticana na Ásia Central

1Na Ucrânia, o pouco espaço de manobra de Francisco

“Moscou ouve atentamente o que o Papa Francisco diz, mesmo que o Kremlin esperasse palavras muito mais próximas das suas posições”, diz Myroslav Marynovych, vice-reitor da Universidade Católica de Lviv, numa entrevista à Radio Maria. O especialista em relações entre religião e sociedade e ativista dos direitos humanos explica porque pediu a mediação do Papa em Junho passado para a libertação dos prisioneiros: a troca de prisioneiros continua a ser “uma prioridade”, porque “as condições de detenção na Rússia incluem várias formas de tortura: como resultado, todos os dias de prisão se transformam em inferno”. Ele assegurou que esta é também a prioridade do pontífice, que “certamente não pode encorajar o envio de armas”. Contudo, ele explica que o chefe da Igreja Católica tem pouco espaço de manobra: “A guerra atual não é nada como a crise cubana de 1962, quando a ação de João XXIII impediu o pior. Tanto os EUA como a URSS não queriam um confronto militar e congratularam-se com a intervenção do Papa. Para a Rússia de hoje, o conflito é uma alavanca política. Putin podia silenciar as armas num piscar de olhos, mas cada vez mais força o mundo a aceitar as suas regras do jogo. Neste momento, “Francisco só pode apelar à razão e à compaixão, elementos que não têm qualquer influência sobre Putin, que é movido por um desejo de vingança e um espírito imperialista”, acrescenta Myroslav Marynovych. O especialista salienta também que “o medo reforça o agressor” e que “enquanto a Rússia não desistir da ideia de reintegrar a Ucrânia na sua órbita, as negociações não passarão de uma farsa”. Em suma, “hoje, amar os russos significa ajudá-los a abrir os olhos para os crimes que cometeram”.

Radio Maria, italiano


2Alerta do presidente da Associação Dominicana de Jornalistas e Escritores sobre os nicaraguenses que foram assassinados

“Nós, leigos católicos dominicanos, contemplamos com grande preocupação a perseguição do governo da Nicarágua, liderado por Daniel Ortega, contra a Igreja Católica neste país irmão”, escreve José Gomez Cerda, presidente da Associação Dominicana de Jornalistas e Escritores. No seu artigo, discute o conflito aberto entre o ditador Daniel Ortega e a Igreja Católica, uma crise que se intensificou com a prisão, em Agosto último, de um bispo nicaraguense. Mas este não é o único acontecimento trágico, uma vez que o governo de Ortega também expulsou do país as Missionárias da Caridade, fechou muitas estações de rádio diocesanas e prendeu outros padres por serem considerados críticos do regime, lamenta José Gomez Cerda. Além disso, as autoridades “têm continuado a violar os direitos de reunião e associação e a liberdade religiosa. Só este ano, cancelaram o estatuto legal de 1.112 organizações de direitos humanos e associações profissionais”, disse, antes de recordar o apelo dos bispos do país a rezar intensamente para pedir a Deus a graça de deter a perseguição que os impede de viver e expressar a sua fé na paz e na liberdade. E concluiu com esta mensagem vibrante: “Bem-aventurados são os nicaraguenses que foram assassinados, presos, deportados e perseguidos pela ditadura de Daniel Ortega, por terem defendido a sua Igreja Católica.”

Acento, espanhol


3E TAMBÉM NA IMPRENSA INTERNACIONAL…

ONU pede ao Vaticano que investigue Dom Ximenes Belo

Acusado de cometer abusos sexuais contra menores nos anos 80 e 90, Dom Ximenes Belo, que ganhou o Prémio Nobel da Paz de 1996 pelo seu trabalho em Timor Leste, foi sancionado em 2020 pelo Vaticano. De acordo com a agência AP, a porta-voz da ONU apoia uma investigação para lançar luz sobre este caso.

AP, inglês

O aspecto econômico do Jubileu de 2025

A cidade de Roma prepara-se para acolher milhões de peregrinos para o Jubileu de 2025. Um evento que terá repercussões econômicas significativas.

La Repubblica, italiano

A diplomacia vaticana na Ásia Central

Duas semanas após a viagem do Papa ao Cazaquistão, um longo artigo publicado em The Diplomat analisa como a diplomacia do Vaticano pretende agir nesta região do mundo.

The Diplomat, inglês

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
Papa FranciscoPerseguiçãoResenha de ImprensaUcrânia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia