Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 29 Novembro |
Santa Iluminada  Virgem († séc. IV)  
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Nossa Senhora Aparecida Padroeira do Brasil

OUR LADY APARECIDA

By Davi Correa | Shutterstock

Lino Rampazzo - publicado em 12/10/22

Pedimos para a Nossa Rainha e Padroeira que interceda por nós, junto a seu Filho Jesus

No dia 12 de outubro celebramos a solenidade de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Trata-se de dois títulos distintos, ligados a dois fatos históricos da Igreja do Brasil.

No dia 8 de setembro de 1904, Nossa Senhora foi proclamada Rainha do Brasil em missa solene celebrada na praça em frente à Basílica Histórica de Aparecida, com a presença de 15 mil fiéis e 14 bispos. Presidiu a celebração o Cardeal Joaquim Arcoverde, arcebispo do Rio de Janeiro.

No dia 31 de maio de 1931, em frente à Igreja de São Francisco de Paula, no Rio de Janeiro, Nossa Senhora foi proclamada Padroeira do Brasil. À capital do país acorreram cerca de um milhão de pessoas. Estiveram presentes no ato de Proclamação Patronal o então Presidente da República, Getúlio Vargas, seus ministros e autoridades civis e militares, que aos pés da Virgem prestaram a reverência do Estado. A missa foi presidida pelo Cardeal Sebastião Leme, arcebispo do Rio de Janeiro à época.

Ainda sobre a proclamação como Rainha do Brasil, no ano de 1868, a Princesa Isabel e seu marido, Conde D´Eu, visitaram a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Na ocasião, a filha do Imperador presenteou a Santa com um manto cravejado de brilhantes e pediu em oração que recebesse a graça de ser mãe.

Em 1884, já com três filhos, a Princesa retornou à igreja de Nossa Senhora para agradecer a graça da maternidade e, dessa vez, presenteou a imagem com uma coroa de ouro e diamantes. A peça foi usada vinte anos depois, na coroação da Santa.

Mais tarde, no ano de 1901, diante do sucesso de muitas romarias a Aparecida, os bispos da Província Eclesiástica Meridional do Brasil decidiram realizar a coroação solene de Nossa Senhora Aparecida. E sucessivamente, no ano de 1903, pediram ao Papa Pio X, hoje santo, para coroar solenemente a Imagem Milagrosa de Nossa Senhora Aparecida como Rainha do Brasil. O Papa Pio X autorizou a coroação na data de 29 de dezembro de 1903.

Sobre a proclamação como Padroeira do Brasil, no dia 16 de julho de 1930, a pedido do Cardeal Leme, Arcebispo do Rio de Janeiro, o Papa Pio XI declarou Nossa Senhora Aparecida Padroeira do Brasil. Até aquele momento, o padroeiro do país era São Pedro de Alcântara. Este santo era de origem espanhola. Pertencia à ordem dos capuchinhos, mas atuou por vários anos em Portugal, sendo muito apreciado até pelo Rei Dom João III (1502-1557), o mesmo soberano que no ano de 1549 tinha enviado os jesuítas para o Brasil.

São Pedro de Alcântara era o santo de devoção da corte portuguesa e, por isso, tanto Dom Pedro I quanto Dom Pedro II chamavam-se também “Pedro de Alcântara”. Mas a devoção a Nossa Senhora Aparecida estava muito mais ligada à história do Brasil: o que motivou o pedido do Cardeal Leme ao Papa Pio XI para que Nossa Senhora fosse proclamada também Padroeira.

Foi após o Congresso Mariano, ocorrido em Aparecida (SP), em 1929, pelas comemorações do jubileu de prata da coroação da imagem (1904), que surgiu o desejo de solicitar ao Santo Padre o Papa Pio XI que declarasse Nossa Senhora da Conceição Aparecida, então Rainha, agora também Padroeira do Brasil.

No dia 16 de julho de 1930, o Papa Pio XI concordou com a solicitação nestes termos: “Constituímos e declaramos a Beatíssima Virgem Maria, concebida sem mancha, conhecida sob o título de ‘Aparecida’, Padroeira principal de todo o Brasil diante de Deus”.

Permito-me citar uma afirmação do Cardeal Motta, primeiro arcebispo de Aparecida: “Nossa Senhora Aparecida foi o maior presente que Deus deu para a Igreja do Brasil”.

Vamos invocar a Nossa Rainha e Padroeira! Em cada época há problemas para resolver. Pensamos no ‘pão de cada dia’ ausente das mesas dos mais pobres; na irmã (Terra) que clama contra o mal provocado por causa do uso irresponsável e do abuso dos bens que Deus nela colocou, como disse o papa Francisco; e em exageradas tensões políticas, de vários lados, que dificultam uma convivência social pacífica.

Pedimos para a Nossa Rainha e Padroeira que interceda por nós, junto a seu Filho Jesus.

Tags:
AparecidaDevoçãoMaria
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia