Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 08 Dezembro |
Bem-aventurado Luís Liguda
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Doação anônima pode salvar a vida de garotinho com tumor no cérebro

Menino com câncer

Blanscape/Shutterstock

Violeta Tejera - publicado em 08/11/22

Desesperados, os pais lançaram uma campanha a fim de arrecadar dinheiro para transferir o menino para um hospital do outro lado do oceano. Eles só não esperavam que um benfeitor mudaria esta história

Aos dois anos e meio, o desenvolvimento de Oliver era adequado para sua idade. Ele morava há meses no México com seus pais, Alejandro e Lena, que são, respectivamente, espanhol e alemã.

Oliver estava indo para o jardim de infância quando começou a relatar fortes dores no pescoço e vômitos frequentes. De repente, de um dia para o outro, ele piorou visivelmente. O garotinho parou de comer, falar e andar, e ficou apático.

Os pais o levaram ao hospital e, após vários exames, os médicos disseram que o que ele tinha era um tumor cerebral e hidrocefalia (acúmulo de líquido no cérebro). Ele precisava de uma cirurgia de emergência para salvar sua vida.

Contudo, o hospital do México onde o menino estava internado não tinha condições de oferecer o tratamento de que precisava. Os médicos deram-lhe entre 15 dias e um mês de vida.

Os pais não conseguiram encontrar uma solução no México. “A única solução que nos ofereceram foi deixá-lo em cuidados paliativos.” No entanto, o Hospital São João de Deus, de Barcelona, ofereceu-se para operá-lo porque tinha a tecnologia necessária para tratar esse tipo de tumor.

Então, os pais de Oliver decidiram lutar pela vida de seu filho. “Em vez de ficarmos em um canto chorando, lançamos uma campanha para arrecadar dinheiro para podermos levar nosso filho para a Espanha.”

OLIVER-ROMERO-MEXICO-SAN-JUAN-DE-DIOS-BARCELONA-3.jpg
O garotinho no hospital que ofereceu a tecnologia própria para a cirurgia delicada

Um herói anônimo

Uma grande surpresa veio quando um empresário espanhol que morava no México leu a notícia sobre Oliver em um jornal da Espanha. Profundamente comovido com a história, “ele entrou em contato com várias pessoas até encontrar meu irmão David, que mora em Granada”, conta Alejandro.  

Este empresário, que não quer revelar o seu nome, ofereceu-se para pagar os 196.400 euros (cerca de R$ 1 milhão) para transportar Oliver para Espanha numa ambulância aérea especializada.

Alejandro, seu pai, descreve a conversa com o empresário como algo incrível que aconteceu “depois de muitas noites sem dormir”. Foi “uma ligação cheia de confiança, como se fôssemos amigos a vida toda”.

“Apenas me diga para quem eu tenho que fazer o pagamento. Não se preocupe com o dinheiro. Está tudo bem e não há nada melhor em que eu possa gastá-lo”, foram as palavras que Alejandro ouviu do outro lado do telefone, e que restauraram a sua esperança. “Ele não quer que demos mais detalhes sobre ele, e essa é a única coisa que ele me pediu em troca de pagar o avião para nosso filho”, esclarece Alejando.

Corrida contra o relógio

A partir da doação anônima teve início a corrida contra o relógio para chegar à Espanha. Cada dia contava, e se muito tempo passasse, poderia ser tarde demais. Problemas burocráticos atrasaram o voo com saída de Cancún por quase dois dias – horas que correram contra a vida do menino.

Alejandro acabou voando em um voo comercial para Barcelona porque apenas uma pessoa poderia ir na ambulância aérea com Oliver. Lena, sua mãe, foi quem o acompanhou.

OLIVER-ROMERO-MEXICO-SAN-JUAN-DE-DIOS-BARCELONA.jpg
Oliver no colo da mãe, que o acompanhou no voo para a Espanha

Operação e tratamento em Barcelona

Oliver já está no Hospital São João de Deus em Barcelona. Seu tumor não pode ser completamente removido porque está muito perto do tronco cerebral. Os médicos terão que fazer exames, abrir o crânio e retirar o máximo que puderem sem prejudicar o pequeno e evitar sequelas.

O jornal espanhol El Mundo informou em 28 de outubro que a primeira operação – para colocar uma derivação para drenar a hidrocefalia – foi um sucesso. A próxima operação, para remover o máximo possível do tumor, deve ocorrer nos próximos dias.

OLIVER-ROMERO-MEXICO-SAN-JUAN-DE-DIOS-BARCELONA-5.jpg
Oliver se recupera da primeira cirurgia no cérebro

Por enquanto, toda a família se mudou para Barcelona. Eles não podem pagar dois aluguéis e a prioridade é salvar a vida do filho. Animados e esperançosos, eles só podem agradecer todo o apoio e carinho que receberam de todos os cantos do México e da Espanha, e ao benfeitor incrivelmente generoso que tornou tudo isso possível.

Tags:
AmorCaridadeCriançasDoençaFamília
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia