Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 01 Março |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Uma preparação para a festa de Guadalupe que nem mesmo todos os mexicanos conhecem

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
México discute proibir imagens de Guadalupe em áreas públicas

Shutterstock | YoDash

Ir. Maria José Acosta, OP - publicado em 02/12/22

É possível participar desta bela preparação através da internet

Neste dia 12 de dezembro de 2022, celebramos o 491º aniversário das aparições de Nossa Senhora no México. Pessoas de todo o mundo — cerca de 20 milhões por ano! — visitam a Basílica de Santa Maria de Guadalupe para testemunhar a imagem milagrosa e participar das várias devoções e festividades em honra à Santíssima Virgem.  

Essas devoções incluem a reza do rosário de 46 dias, que começa em 28 de outubro e termina em 12 de dezembro.  

Na Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, os fiéis participam do “Dozavário“, que são 12 dias de preparação orante para a festa da padroeira. O “dozavário”, também conhecido como “docenário”, refere-se às devoções rezadas nos 12 dias que antecedem a festa mariana.

Então, começando na vigília da Festa, os “Mariachis” cantam as “Mañanitas“, os  “Matachines” executam suas danças, os artistas encenam a história de Nossa Senhora de Guadalupe e pessoas de todas as idades trazem rosas e outras flores que são colocadas diante a imagem dela.

O lembrete de uma mensagem

As celebrações em honra de Nossa Senhora de Guadalupe nos lembram a mensagem de esperança que ela traz para toda a humanidade. Ela prometeu a Juan Diego que, como nossa Mãe, está atenta às nossas orações. 

Ela veio para “purificar e cuidar de todos os seus diferentes problemas, suas misérias, seus sofrimentos”. Como Juan Diego, podemos nos aproximar dela, nossa Mãe, em nossas esperanças, alegrias, lutas e tristezas. Sem medo, podemos confiar que ela, carregando-nos em seus braços como seus filhos, é a fonte de nossas alegrias e amores; ela se preocupa e sempre permanece conosco. 

Caminhando com ela

Depois de ter visitado pela primeira vez a Basílica de Santa Maria de Guadalupe na Cidade do México em 2015, não só quis aprender mais sobre a história das aparições, mas quis crescer na minha devoção a Nossa Senhora, preparando-me espiritualmente para seu dia de festa. 

As devoções praticadas na Basílica – o “Dozavário” ou meditações nos 12 dias que antecedem a festa – também podem ser seguidas virtualmente.

A reflexão de cada dia está associada a um tema que pode estar relacionado com a leitura da missa ou um mistério do rosário desse dia.

Algumas das reflexões destacam um título ou virtude particular da Bem-Aventurada Virgem Maria e como isso se manifesta na história de Nossa Senhora de Guadalupe. 

Tendo “caminhado” com a Virgem de Guadalupe durante o Dozavario, apaixonei-me mais por ela e desenvolvi um maior apreço por São Juan Diego, o humilde, fiel e obediente servo de Nossa Senhora.

Todos os anos participo, virtualmente no seguinte link da Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe. As meditações espiritualmente enriquecedoras do “Dozavário” dos últimos anos podem ser encontradas aqui (em espanhol).

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
DevoçãoguadalupeNossa SenhoraReligião
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia