Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 19 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Pesquisas apontam 12 principais causas de separação de casais

Criança sofre com separação dos pais

Oksana Mizina | Shutterstock

Francisco Vêneto - publicado em 24/08/23

Conhecer esses motivos é importante porque permite que os cônjuges reajam a tempo de impedir que eles implodam o seu casamento

Ainda no começo da década de 2010, o Journal of Family Psychology sintetizou resultados de pesquisas realizadas na Grã-Bretanha e publicadas no jornal PLOS-ONE a respeito dos fatores mais frequentes que levavam à separação de casais.

Mesmo já tendo transcorrido mais de uma década desde a realização desses estudos, o acompanhamento feito por psicólogos sobre os contextos de separações e divórcios aponta que essas causas continuam muito presentes – e, infelizmente, devem continuar presentes sempre, em maior ou menor medida, entre os fatores de qualquer ruptura matrimonial.

Por isso mesmo é importante conhecer esses motivos “atemporais”: prestar atenção a eles permitirá que os cônjuges reajam antes que seja tarde para impedir que eles implodam o seu casamento.

Além disso, é sempre frutífero que o casal dialogue de modo transparente e propositivo sobre os próprios comportamentos, a fim de aprimorar constantemente a sua relação.

De modo resumido e direto, estas seriam, segundo as pesquisas em questão, as 12 principais causas de separação de casais:

  1. Cresceram individualmente, mas não como casal
  2. Discussões e brigas
  3. Infidelidade
  4. Falta de respeito
  5. Interesses diferentes
  6. Mudança de residência
  7. Problemas financeiros
  8. Não dividir as tarefas domésticas
  9. Dificuldades com a intimidade sexual
  10. Violência doméstica
  11. Não querer ter filhos
  12. Vícios, sobretudo em álcool, drogas e/ou apostas.

Tags:
AmorCasamentoDivórcioRelacionamento
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia