Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 12 Abril |
São David Uribe Velasco
home iconEspiritualidade
line break icon

O que a discrição de São José pode nos ensinar

© Philippe Lissac / Godong

Edifa - publicado em 16/03/20

No dia 19 de março, a Igreja celebra São José como o modelo perfeito do cristão. Este santo discreto nos ensina muito sobre a vida que devemos levar na terra para alcançar a santidade. Um exemplo a seguir sem moderação

A Igreja sempre reconheceu em São José o maior santo da Igreja depois da Virgem Maria. São Gregório de Nazianze (século IV), escreveu: “O Senhor reuniu em José, como no sol, tudo o que os santos têm juntos de luz e esplendor“.

Será que isso não é um exagero, dado o que sabemos sobre ele? Para responder a essa pergunta, deve-se entender que não é tanto sua biografia que é importante, mas o seu ser “teologal”. Isto é, sua própria existência em Deus. Sua discrição se torna então a linguagem do essencial.

São José, mestre em ouvir a Deus

O que é absolutamente surpreendente é que o lugar da mais alta santidade – Nazaré – também é o lugar da maior discrição. Uma vida tão simples, quase banal. Uma vida de amor conjugal e caridade familiar.

Uma vida marcada pelo trabalho. Toda a vida se voltou para Deus através da oração e da observância de prescrições religiosas.

Uma vida marcada pela obediência ao dever de estado na monotonia da vida cotidiana! Nunca deixaremos de meditar nessa relação contrastante entre essa santidade eminente e a humilde vida cotidiana.

Nesta escola em Nazaré, São José aparece como o mestre do “silêncio”. Ele é um mestre em ouvir a Deus. Ele vive plenamente o “shema Israel” (“Ouve Israel”), que ele ora duas vezes por dia. Seu silêncio, portanto, não significa ficar mudo, mas é uma qualidade de escuta!

José é rápido em obedecer: nunca avisado, mas sempre pronto! Este é o sinal convincente de seu abandono confiante na providência divina: “Ele levou sua esposa para casa” (Mt 1, 24); ele foi a Belém (Lc 2, 4); ele pegou a mãe e o menino e fugiu para o Egito (Mt 2, 13); após a morte de Herodes, ele voltou a Nazaré com sua esposa e o menino (Mr 2, 19-23).

Por seu exemplo da vida real e bem “corporificado”, o marido de Maria, o pai de Jesus e o artesão da vila se tornou uma testemunha de uma vida autenticamente mística. Ele é “justo” porque “é uma pessoa que reza, que vive pela fé e procura alcançar o bem em todas as circunstâncias concretas da vida“, disse São João Paulo II.

“Não imagine sua santidade: receba-a, edifique-a humildemente”

O que não é expresso explicitamente sobre José – esses anos de vida de amor e trabalho – nos leva a pensar, necessariamente, sobre a nossa própria vida diária.

É como se Deus estivesse nos dizendo através de José: “Não busque oportunidades de santificação em nenhum lugar a não ser no concreto da sua vida. Não fuja da sua existência para encontrar o Senhor. Não imagine sua santidade: receba-a, edifique-a humildemente, mas com firmeza, no decorrer dos eventos diários. Esses eventos são as ocasiões para obediência à vontade do Pai Celestial, as oportunidades para o generoso dom de si mesmo e os lugares para conhecer e viver o que é necessário: amar a Deus e ao próximo”.

José: uma santidade sem palavras, mas não sem eloquência. Seu silêncio nos convida a ouvir a Palavra, a Palavra feita carne que está no centro de sua vida e da nossa.

Padre Nicolas Buttet

Tags:
BíbliaJesusSantosSão José
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
2
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
3
Padre Gilvan Manuel da Silva perde pais e irmãos para covid-19
Reportagem local
Padre perde pais e irmãos para covid-19 e afirma: “Continua...
4
ALTAR BOY,
Un cammino chiamato famiglia
Coroinha desmaia durante Via Sacra, mas a cru...
5
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
6
DIVINE MERCY
Reportagem local
Como obter indulgência plenária no Domingo da Divina Misericórdia...
7
CARDEAL RANIERO CANTALAMESSA
Francisco Vêneto
Desobediência à Igreja dilacera a fraternidade católica, diz preg...
Ver mais