Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 20 Janeiro |
São Sebastião
home iconEstilo de vida
line break icon

Como celebrar o início de um novo ano litúrgico em família?

ADVENT,WREATH

Shutterstock

Edifa - publicado em 27/11/20

O ano novo civil é marcado por festividades especiais. Por que não fazer o mesmo para o novo ano litúrgico? Muitas vezes, o seu início acontece sem que percebamos e isso é uma pena, porque o ano litúrgico marca o ritmo da vida da Igreja e também de cada um dos seus membros

A criança descobre e vive sua fé primeiro dentro de sua família. Mas ela deve descobrir gradualmente que também pertence à Igreja. Não se pertence à Igreja porque se está inscrito em um partido político, um clube de lazer ou uma instituição de caridade. Na Igreja, não há membros honorários ou simpatizantes. Nela só pode haver membros ativos, membros que vivem na Igreja e por meio dela. “Cristo e a Igreja são um só”, disse Joana d’Arc. Não podemos pertencer a Cristo, viver para Ele e por Ele sem pertencer à Igreja e viver nela. Para ajudar a criança a compreender tudo isso, não precisamos de grandes discursos, mas de marcos precisos e concretos.

No próximo domingo, terá início um novo Ano Litúrgico. É um acontecimento que muitas vezes passa despercebido, mesmo nas famílias cristãs. O novo ano escolar e o novo ano civil são marcados por etapas importantes ou festividades especiais, mas na maioria das vezes entramos no ano novo litúrgico sem perceber. Porém, o ano litúrgico pontua a oração e a vida da Igreja e, portanto, de cada um de seus membros.

Calendário e caderno litúrgico 

Afixe ou faça um calendário litúrgico no cantinho de oração ou no quarto das crianças. Podemos fazer inclusive um calendário para completar ao longo de todo o amor. Para isso, prepare uma tira de papel cartão dividido em 56 espaços (os 52 domingos do ano mais as quatro festas obrigatórias que nem sempre caem em um domingo: Natal, Ascensão, Assunção, Todos os Santos). Todos os domingos, colorimos a caixa de acordo com a cor do tempo litúrgico: verde, vermelho, roxo ou branco. Acima de cada caixinha ou espaço, marcamos os momentos e festas mais importantes: Advento, Natal, Epifania, Quaresma, Páscoa, Ascensão, Pentecostes, Assunção, Todos os Santos. Este calendário pode ser pequeno. Mas podemos, pelo mesmo princípio, criar um calendário mais elaborado ao longo do Ano Litúrgico, com espaços maiores que permitam adicionar desenhos (o presépio, a Cruz, a Santíssima Virgem Maria, etc.), e até mesmo mencionar outros dias importantes (quarta-feira de cinzas, quinta-feira santa, sexta-feira santa, anunciação, dentre outros).

Você também pode preparar um calendário litúrgico parecido com o calendário do Advento: 56 pequenas janelas ou 56 envelopes. Todos os domingos abrimos um. No interior, uma folha mostrando um desenho ou um trecho da Palavra de Deus. Essas folhas podem ser coladas uma após a outra em um painel ou parede. Elas também podem ser coladas juntas, formando um pequeno bloco de notas. Nesse caso, cada vez você precisa de tantas folhas quantas forem as crianças da família: para a mais nova, um desenho; para os mais velhos, uma citação de sabedoria da Palavra de Deus.

Cartões perfurados também podem ser facilmente usados ​​e colocados em uma pasta pequena, como um fichário. Este “livro” do Ano Litúrgico, pessoal para cada criança, pode, se ela desejar, receber também outros textos , orações, notas pessoais e ser levado em qualquer lugar, ao longo do ano. Se a criança faltar ao domingo, podemos enviar-lhe (ou colocar em sua bolsa) a folha do dia que a fará recordar a oração familiar e tudo o que a ela diz respeito.

Viver no ritmo do Ano Litúrgico é acompanhar o ritmo da Igreja 

A decoração do cantinho de oração é também uma forma de marcar o andamento do Ano Litúrgico: uma toalha de mesa na cor de cada tempo (ou velas desta cor), desenhos que evoquem a festa do dia, uma cruz na Sexta-Feira Santa, uma bela representação de Maria para as festas marianas, etc.

O ritmo de vida da Igreja é um ritmo semanal, de domingo a domingo. Portanto, é importante marcar o domingo e fazer com que as crianças entendam que a semana seguinte é como uma extensão do domingo. Por exemplo, pegar o salmo do domingo anterior para ser lido ao longo da semana, mudar algo no canto de oração a cada domingo (velas, flores, etc.), colocando no cantinho de oração uma passagem da Palavra de Deus ligada ao domingo anterior, escolhendo uma resolução para ser lembrada a cada noite durante a semana, dentre outros.

É também importante para as crianças serem ensinadas pouco a pouco como rezar e meditar a Palavra de Deus junto à Igreja: rezando parte das Completas, meditando sobre o Evangelho do dia, cantando ou lendo o salmo do dia. Unir-se à oração da Igreja tem um sentido completo. Orar assim é orar em comunhão com a multidão daqueles que, no mesmo dia, oraram com o mesmo texto. É também e sobretudo acolher estes textos dados por Deus através da Igreja.

Quando rezamos com a oração da Igreja, não nos deixamos guiar por nossos gostos, nossas fantasias ou nossas preferências. Recebemos o que nos é dado. Assim, entendemos e que a nossa oração não vem de nós, mas de Deus, através da Igreja. É por isso que é tão importante dar às crianças o sentido da Igreja. Ensine para elas que ninguém pode ser cristão sozinho. Que acima de tudo se enraíze neles a convicção de que tudo – fé, esperança, amor, oração, verdade, comunidade – tudo, absolutamente, nos é dado por Deus. A Igreja é nossa mãe e nos alimenta com a vida de Deus, sua Palavra, sua Eucaristia. A Igreja é um dom de Deus e através dela ele se doa a nós. Viver ao ritmo do Ano Litúrgico não é, portanto, apegar-se a um pormenor ou a uma espécie de regulamento interno, mas manter o nosso passo junto ao da Igreja, Corpo de Cristo.

Christine Ponsard

Tags:
AdventoLiturgia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pope Audience Wednesday
Vatican News
A importância de ir à Missa aos domingo, segundo o Papa Francisco
2
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
3
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias dos EUA
4
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo com o Padre Pio
5
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
6
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vezes por dia
7
BLESSED CHILD
Philip Kosloski
Cubra seus filhos com a proteção de Deus através desta oração bíb...
Ver mais