Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santa Milburga

Abadessa beneditina († 722, aprox.)

STREET

Public Domain

Não se sabe a data certa do nascimento de Milburga, mas sabe-se que era filha do rei da Mércia (na atual Inglaterra) Merewald e de Santa Ermenburga. Era a irmã mais velha de Santa Mildred e Santa Mildgita.

Foi educada na França.

Entrou no mosteiro beneditino de Wenlock, em Shropshire (hoje conhecido como Much Wenlock). O mosteiro fora fundado com doações de seu pai e de seu tio, Wulfhere de Mércia, sob a direção de uma abadessa francesa, Liobinde de Chelles. Após a morte desta abadessa Milburga foi eleita para substituí-la.

Após receber a consagração abacial das mãos de São Teodoro, diz-se que o mosteiro de Santa Milburga floresceu como um paraíso sob seu abaciado, devido às suas virtudes e os dons espirituais com os quais fora agraciada. Destacou-se por sua humildade e recebeu o dom de curar e restaurar a visão aos cegos, segundo histórias populares. Através da força de suas exortações, ela também tinha a reputação de levar os pecadores ao arrependimento. Organizou, também, a evangelização e o cuidado pastoral do sul de Shropshire.

Em seus últimos anos de vida Santa Milburga teve uma dolorosa doença, que foi vivida com serenidade. Faleceu no dia 23 de fevereiro de 727 e suas últimas palavras foram: “Bem-aventurados os puros de coração, bem-aventurados os pacificadores”. Ficou conhecida por seu poder sobre os pássaros e após a sua morte era invocada para a proteção das plantações contra seus estragos.

Seu túmulo foi venerado por muito tempo, até que sua abadia foi destruída durante a invasão dos dinamarqueses à Mércia. Após a conquista normanda, os monges de Cluny construíram um mosteiro no local – as ruínas de Much Wenlock são as da casa posterior – e durante as escavações, em 1101, os ossos de Santa Milburga foram descobertos. Suas relíquias, então, passaram a ser destino de peregrinação para os leprosos. Estas peregrinações eram impopulares entre os ingleses locais, mas atraiu com sucesso pessoas da França e do País de Gales.

Na “Vidas dos Santos”, de Butler, há o registro: “embora muitos santos nativos, da maior importância histórica, sejam pouco notados em nossos calendários ingleses, o nome de Milburga aparece em vários deles, começando pelo Saltério Bosworth”, escrito por volta de 950. Seu extenso culto muito se deve ao testemunho de São Bonifácio e de um legado papal medieval que testemunharam curas milagrosas em seu túmulo.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais