Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Simeão

Monge e eremita (†1016)

RASPBERRIES

Public Domain

Pouco se sabe sobre a vida de São Simeão, enquanto paradoxalmente após sua morte, existem três documentos papais a seu respeito.
Sabe-se que nasceu na Armênia, no século X. Em algum momento de sua vida, Simeão deixou a Armênia e se retirou na solidão por algum tempo, como eremita, passando alguns anos na Palestina.
Depois disso, ficou conhecido por ter visitado Roma. Nesta cidade seu exotismo fez com que fosse assediado por uma multidão romana. Uma intervenção papal acalmou aquela situação. Por ordem de Bento VII, ele foi examinado e considerado ortodoxo. Ficou conhecido por sua piedade e caridade heroica e por inúmeros milagres realizados durante a vida e após a morte.
Após esta experiência ele embarcou em um seguimento ainda mais radical de Cristo, dando à sua vida a forma de peregrinação permanente, de acordo com um costume difundido especialmente entre os cristãos orientais. Esteve em Compostela, Tours e outros santuários. Em todos os lugares ele pregava a unidade da fé, paz e caridade, cuidando dos pobres e dos mais indefesos.
De volta à Itália, então com oitenta anos, retirou-se para o mosteiro de San Benedetto di Polirone, onde morreu em 26 de julho de 1016.
Após apenas oito anos de seu falecimento, em 1024, foi beatificado pelo Papa Bento VIII.
Foi canonizado pelo Papa Leão IX, em 1049.
Sobre sua canonização, que à época não possuía o procedimento de hoje, existem três cartas papais: a primeira é do papa Bento VIII (1017-1024), que autorizava o Marquês Bonifácio a construir uma igreja dedicada a São Simeão e lá depositar suas relíquias. A segunda carta é de Leão IX (1048-1054) e diz respeito à consagração da igreja e ao reconhecimento das relíquias. No entanto, pôde-se ver que essas disposições não foram imediatamente implementadas, uma vez que a terceira carta partiu do papa Alexandre II (1061-1073) intervindo para que as disposições de Leão IX fossem cumpridas.
Seu corpo é venerado na basílica de San Benedetto Po. A comemoração litúrgica de São Simeão di Polirone é em 26 de julho, enquanto na diocese de Mântua é comemorado em 27 de julho.

Descubra outros santos clicando aqui
Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais