Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 27 Janeiro |
São João Maria, chamado Muzei ou Ancião
Aleteia logo
Daily Prayer
Festividade do diaHistórias de Santos

Santa Catarina de Labouré 

Religiosa Vicentina (†1876)             

woman-pray

© Dream Perfection | Shutterstock

Zoé Labouré nasceu a 2 de maio de 1806, em Fain-lès-Moutiers, Borgonha, França. Era a oitava filha do casal de fazendeiros Pierre e Madeleine Labouré.

Entrou no noviciado das Filhas da Caridade dia 21 de abril de 1830, adotando o nome de Catarina.  

Na noite 18 de julho de 1830, Catarina acordou depois de ouvir a voz de uma criança que dizia: “Irmã, todo mundo está dormindo, vem à capela, a Virgem Maria a espera”. Acreditando na voz, Catarina seguiu a criança. Chegando à capela, a noviça viu a Virgem Maria. Ela assim a descreveu: “…uma Senhora de mediana estatura, de rosto muito belo e formoso… Estava de pé, com um vestido de seda, cor de branco-aurora. Cobria-lhe a cabeça um véu azul, que descia até os pés… As mãos estenderam-se para a terra, enchendo-se de anéis cobertos de pedras preciosas. A Santíssima Virgem disse-me: ‘Eis o símbolo das Graças que derramo sobre todas as pessoas que mas pedem …’ Formou-se então, em volta de Nossa Senhora, um quadro oval, em que se liam, em letras de ouro, estas palavras: ‘Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a Vós’. Depois disso o quadro que eu via virou-se, e eu vi no seu reverso: a letra M, tendo uma cruz na parte de cima, com um traço na base. Por baixo: o Sagrado Coração de Jesus e o Sagrado Coração de Maria. O de Jesus, cercado por uma coroa de espinhos em chamas, e o de Maria também em chamas e atravessado por uma espada, cercado de doze estrelas. Ao mesmo tempo, ouvi distintamente a voz da Senhora, a dizer-me: ‘Manda, manda cunhar uma medalha por este modelo. As pessoas que a portarem, com devoção, hão de receber muitas graças”. 

Além da cunhagem da medalha Milagrosa a Virgem pediu à jovem vidente que fosse fundada por seu diretor espiritual, o sacerdote francês, João Maria Aladel da Congregação da Missão, uma Associação de Filhos e Filhas de Maria, atualmente conhecida como Juventude Mariana Vicentina, responsável pela difusão da Medalha Milagrosa de Nossa Senhora das Graças apresentada a Catarina nas visões posteriores que se encerraram em 27 de Novembro de 1830 quando a Virgem se apresentou como Nossa Senhora das Graças.

Santa Catarina passou 46 anos de sua vida num convento, onde viveu o Evangelho, principalmente no tocante à humildade, pois ninguém sabia que ela tinha sido o canal da devoção aprovada que antecedeu e ajudou na proclamação do Dogma da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, em 1854. Já como cozinheira e porteira, tratando dos velhinhos no hospício de Enghien, em Paris, Santa Catarina assumiu para si o viver no silêncio, no ocultamento e na humildade. Enquanto viveu, foi desconhecida. 

Faleceu a 31 de dezembro de 1876, aos 70 anos de idade.

Em 1933, seu corpo ao ser exumado foi encontrado incorrupto e hoje está exposto à veneração na capela de sua Ordem, a mesma onde aconteceram as visões, na Rue du Bac, 140, em Paris. 

Foi beatificada em 1933 pelo Papa Pio XI e canonizada em 27 de julho de 1947 pelo Papa Pio XII, 100 anos após a aprovação pontifical da Juventude Mariana Vicentina (J.M.V.), solicitada pela própria Catarina.

Access our archives of daily saint biographies here
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais