Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São João Luís Bonnard

Presbítero e Mártir (†1852)

Sandra Cunningham/ Shutterstock

Nascido no dia 1 de março de 1824 na região do Loire, na França, João Luís era o penúltimo dos seis filhos de Gabriel Bonnard e de Ana Bonnier e foi batizado no mesmo dia de seu nascimento. Sua família era muito piedosa e trabalhadora. À noite, quando havia um pouco de tempo livre, as crianças tinham o costume de conversar e sonhar o futuro: cada um dizia o que gostaria de ser quando fosse adulto; quando chegava a vez de João Luís, ele dizia sempre: “quando eu crescer, quero ser padre!’. Quando completou a idade de doze anos fez sua Primeira Comunhão. Apesar de seus esforços, na escola e na catequese, era considerado um aluno pouco brilhante. Quis ser coroinha, mas não desempenhou a função, pois não era capaz de pronunciar corretamente as respostas em latim. Apesar dessas dificuldades, continuava dizendo que queria ser padre. Parece que essa obstinação o ajudou, pois diante das dificuldades de aprendizagem, ele nunca esmoreceu: tentava uma, duas, três vezes… até que conseguisse uma nota suficiente para terminar seus estudos básicos. Conseguiu entrar no seminário, e impressionava a todos por sua piedade, embora a fama de aluno medíocre o perseguisse sempre. No seminário conheceu a vida missionária por meio de revistas e de um ex-aluno do seminário que havia estado recentemente no Vietnam. João Luís sentia no profundo de seu coração que Deus o chamava para a missão. Em 1846, pediu a autorização de seu arcebispo para que pudesse terminar os estudos da teologia no Seminário diocesano das Missões Estrangeiras de Paris. O arcebispo autorizou e, dois anos depois, João Luís foi ordenado sacerdote na capital da França. Logo em seguida recebeu sua destinação: deveria rumar para o Extremo Oriente. No dia 8 de fevereiro de 1849 partiu para Hong Kong e, depois de chegar a essa cidade, partiu para o norte do Vietnam: em 1851 tomou posse de duas paróquias nesse país. A situação da Igreja nesse país era de perseguição, mas apesar de todas as dificuldades padre Bonnard trabalhava com todas suas forças obtendo alguns frutos em seu apostolado. Em março de 1852, quando trabalhava numa aldeia do interior e batizava 25 crianças, as autoridades locais chegaram com um grupo de soldados. Os fiéis tentaram fazer com que Padre João Luís pudesse escapar, mas debalde os esforços ele foi capturado e conduzido para a prisão. Sofreu vários interrogatórios e ainda que procurasse se defender da melhor maneira possível, as autoridades o condenaram à morte. Sua culpa: ser cristão. Na prisão ainda pôde escrever algumas cartas para seu bispo; nelas via seu sofrimento à luz do sofrimento de Cristo e se alegrava com isso. Convidado a renegar a fé cristã, ele se manteve firme. No dia 30 de abril veio a confirmação de sua sentença: no dia 1 de maio de 1852, Padre João Luís Bonnard era decapitado em Nam-Dinh: tinha apenas 28 anos de idade. Seu corpo e sua cabeça foram jogados no mar, mas os fiéis cristãos, às escondidas, conseguiram recuperar seus restos mortais e levá-los para lugar seguro. No dia 27 de maio de 1900, foi beatificado pelo Papa Leão XIII. No dia 19 de junho de 1988 foi canonizado juntamente com outros mártires pelo Papa São João Paulo II.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Ver mais