Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santa Kinga ou Cunegundes

Princesa húngara († 1293)

PLANT

Public Domain


Święta Kinga nasceu em 5 de março de 1224 em Esztergom, Hungria, filha do rei Béla IV e de Teodora Laskarysa.
Em 1239, aos 15 anos, foi dada em casamento a Boleslau V, do principado de Cracóvia. Contudo, durante a vida do casal, o casamento nunca foi consumado, pois desde a noite de núpcias obrigou o marido a observar “a continência em relação a ela, já que se consagrara a Deus”. Forçou o marido a também fazer o voto de castidade. Cunegundes dedicou muita atenção aos pobres e desafortunados. Juntamente com o marido, testemunhou a favor da canonização de Santo Estanislau, bispo de Cracóvia, que se deu em 1253.
Reza uma lenda que o dote oferecido para o matrimônio de Santa Cunegundes, foi uma rocha de sal, considerada de grande valor em seu tempo. Para cumprir esta condição e poder se casar com Boleslau V, a Santa jogou seu anel de compromisso em uma mina de sal húngara. Depois viajou para Polônia e, em Wieliczka, pediu que se fizesse uma escavação até encontrar uma rocha. Resultou ser uma rocha de sal, que ao ser rompida em dois tinha em seu interior o anel de compromisso. Nesse lugar se encontraram os valiosos depósitos de sal da mina de Wieliczka, na Polônia.
Em 1279 seu marido Boleslau V faleceu e ela juntou-se às clarissas do convento de Stary Sacz, que ambos haviam criado, decidindo não querer ter qualquer papel político no reino e desfez-se de todas suas posses materiais. Contra sua vontade, foi eleita abadessa, uma tarefa que realizou com grande humildade, e às suas orações foi creditado o fato de ser encontrada água no mosteiro, que estava sem água.
Ficou treze anos no mosteiro, esgotando suas forças em penitência e ascese. Confortada por uma visão de São Francisco faleceu em 25 de julho de 1292, após uma longa doença e no dia em que ela mesmo havia dito que iria morrer.
As primeiras notícias que recebemos dela, por escrito, apareceram em uma primeira “Vita”, de autor anônimo, compilada em Cracóvia, no ano de 1401. Há uma outra revisão subsequente datada de 1474.
Foi beatificada em 1690, pelo papa Alexandre VIII.
Em 3 de julho de 1998, foi reconhecido um milagre obtido por meio de sua intercessão.
Isso pavimentou o caminho para a canonização da beata Kinga, portanto, o Papa João Paulo II procedeu à canonização em 16 de junho de 1999 em Stary Sacz (Polônia).
Santa Cunegundes é hoje a santa padroeira da Polônia e da Lituânia (desde 1695). As relíquias da Santa estão depositadas sob o altar da capela a ela dedicada construída nas minas de sal de Wieliczka, Polônia, mundialmente conhecida como Catedral de Sal. A capela, bem como as minas de sal, figuram na lista do património da humanidade, da Unesco.

Descubra outros santos clicando aqui
Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais