Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santo Agostinho de Cantuária

AUGUSTINE OF CANTERBURY

Wellcomeimages.org CC

Santo Agostinho de Cantuária

Pouco se sabe da data, local de nascimento e da infância de Agostinho de Cantuária. Como data provável atribui-se seu nascimento ao primeiro terço do século V, em Roma.

Sabe-se que Agostinho era prior da Abadia de Santo André, em Roma fundada pelo Papa Gregório I, também chamado Gregório Magno. Sua história, a partir de 496, está ligada à história da conversão dos britânicos, no século VI, quando São Patrício já havia convertido os irlandeses um século antes.

Em 596, o Papa Gregório Magno enviou para a Grã-Bretanha uma expedição de 40 monges beneditinos sob a direção de Agostinho, missão esta conhecida hoje como Missão Gregoriana. Passando pela França, Agostinho se informou com vários bispos sobre a viabilidade da missão, mas todos, por diversos motivos, desaconselharam prosseguir alegando a crueldade dos anglo-saxões e a dificuldade da língua. Mesmo sabendo disto, o Papa Gregório insistiu no prosseguimento da expedição que chegou à Inglaterra no início de 597. A ocasião de evangelizar a ilha era favorável, pois o rei de Kent havia desposado Berta, uma princesa católica, filha do rei de Paris.

Os monges desembarcaram em 597, na ilha de Thanet e de lá partiram para a capital, Cantuária, dirigindo-se à presença do rei e de sua corte, em procissão precedida pela cruz, cantando pausadamente os cantos gregorianos da liturgia monástica. Diante do rei e da corte, Agostinho desenvolveu uma exposição das verdades cristãs, servindo-se de um intérprete e pedindo para poder pregar o cristianismo livremente naquela Ilha. O rei permitiu que os missionários pregassem livremente, oferecendo-lhes terras para a fundação de um mosteiro fora das muralhas da cidade. O rei ordenou, também que igreja abacial que ali seria erigida fosse esplendorosa, dedicada aos apóstolos Pedro e Paulo e a ornaria com diversos presentes

Contra toda e qualquer previsão, a resposta dos ingleses à pregação da fé cristã foi instantânea. No Natal do mesmo ano de 597, foram batizadas mais de dez mil pessoas dentre elas a maior parte da nobreza, precedida pelo próprio Rei Etelberto. Agostinho foi ter com o arcebispo de Arles, na França, para relatar o grande movimento de conversões dos anglo-saxões e esse, por ordem do papa, conferiu a sagração episcopal a Agostinho.

Mais missionários vieram de Roma, enviados pelo papa, os quais se espalharam pela ilha a pregar o Evangelho. A missão se desenvolveu admiravelmente, tanto que Gregório, em 601, elevou a arcebispo Santo Agostinho, afim de que pudesse criar outras dioceses na Inglaterra. De fato, organizou aos poucos as dioceses de Cantuária, que ficou primacial, depois a de Londres e Rochester.

Agostinho se conservou sempre em contato com o Papa Gregório, que lhe enviava preciosas instruções. Célebres se tornaram as decisões do papa sobre a liceidade de acomodações da liturgia a usos e tradições do povo anglo-saxão.

Agostinho não conseguiu a conversão de todos os habitantes da ilha, pois a Inglaterra era dividida em vários reinos rivais. Mas os fundamentos da evangelização estavam postos, o resto seria obra do tempo e da graça.

Santo Agostinho faleceu aos 26 de maio de 604, sendo sepultado na Igreja de Cantuária, que hoje recebe o seu nome e ainda guarda suas relíquias.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais