Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 05 Maio |
Santo Hilário de Arles
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Cláudio de la Colombiere

Sacerdote, religioso (†1682)

Antoine Mekary / ALETEIA

Apesar de ter inicialmente certa aversão pela vida religiosa, Cláudio acaba entrando, aos 17 anos, na Companhia de Jesus. Na Companhia, durante seu noviciado, se revela um aluno estudioso e brilhante. Termina seus estudos em filosofia e, por cinco anos, exercerá a função de professor. Ao completar 25 anos, é mandado para Paris, a fim de estudar a teologia. Além dos estudos, torna-se preceptor dos filhos do ministro das finanças do rei da França. Aos 28 anos é ordenado sacerdote, e, em 1675, é destinado a ser Superior da afastada comunidade dos jesuítas de Paray-le-Monyal. Talvez os superiores o quisessem submeter a uma provação, pois após uma carreira meteórica em Paris, a capital da França, fora mandado para uma pequena comunidade de sua própria família religiosa… Perante os olhos humanos talvez nunca se saiba o real motivo pelo qual padre Cláudio tenha sido “rebaixado”, no entanto, a verdade é que a Providência havia já traçado seu plano: é nessa localidade que ele conhecerá a irmã religiosa Margarida Maria Alacoque – que será proclamada santa pela Igreja. Irmã Margarida sofria com a incompreensão de suas coirmãs por causa de suas visões de Jesus e de seu Sagrado Coração. Numa dessas visões, Jesus prometera a santa Margarida que lhe enviaria um “servo fiel e amigo perfeito”; logo depois, ao ouvir a primeira pregação de padre Cláudio na igreja, Margarida não tem dúvidas: ele era o enviado que Jesus lhe prometera. Com efeito, poucos meses após sua chegada, ao conhecer a vida e a espiritualidade de Irmã Margarida, padre Cláudio de la Colombiere se torna o primeiro apóstolo da devoção do Sagrado Coração de Jesus. Depois de um tempo à frente da casa religiosa, os superiores de padre Cláudio determinam que ele deve ir para a missão na Inglaterra. Prontamente ele obedece e após um período de dura missão nas terras anglo-saxônicas – padre Cláudio chegaria até mesmo a ser preso, sob a acusação de organizar um complô “papista” – ele retorna para a França. Sua saúde, ressentida pelo péssimo tratamento recebido na prisão, estava por um fio. Os Superiores decidem enviá-lo para Paray-le-Monial, na esperança que o bom clima da região o ajudasse na recuperação. Infelizmente sua saúde se deteriora a tal ponto que ele morrerá aí, no dia 15 de fevereiro de 1682, com apenas 41 anos de idade. Em 1994 são João Paulo II o proclamará como santo, “mestre de iluminadora espiritualidade”.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Francisco Vêneto
Milagre do sangue de São Januário volta a ocorrer em Nápoles
2
Mãe de Toda a Ásia, no Monte Maria, é a maior estátua de Maria do mundo
Reportagem local
Maior estátua de Maria do mundo é inaugurada e marca sinal de esp...
3
Creche
Reportagem local
URGENTE – Jovem com facão invade creche e mata crianças e p...
4
Pe. Charles Pope
O demônio diante da Eucaristia
5
Papa Francisco reza o terço
Reportagem local
Maratona de 30 dias de oração, convocada pelo Papa, começa neste ...
6
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
7
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Reportagem local
Fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib é diagnosticado com...
Ver mais