Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Bem-aventurada Francisca do Sagrado Coração de Jesus Aldeia Araújo

Religiosa e mártir (†1936)

LANDSCAPE

Public Domain

Fundada na Espanha em 1877, a Congregação das Irmãs da Caridade do Sagrado Coração de Jesus iria contribuir com o sangue de algumas de suas filhas durante os tristes anos da guerra civil espanhola. A estimativa é que ao todo, tenham perecido cerca de 7000 católicos, perseguidos e assassinados ente os anos de 1936 e 1939. Pertencia à Congregação das Irmãs da Caridade, a freira Francisca Aldeia Araújo, que desempenhava o papel de enfermeira da Madre Rita Dolores Pujalte Sanchez, a superiora da Congregação. Ambas seriam martirizadas juntas. Francisca nasceu no dia 17 de dezembro em Somolinos, na região de Guadalajara. Ficou órfão de pai aos nove anos, enquanto a mãe faleceria apenas dois anos depois. Nessa situação difícil, a pequena Francisca foi acolhida com apenas 11 anos no colégio de Santa Susana de Madrid. Esse colégio era dirigido pelas Irmãs da Caridade do Sagrado Coração de Jesus e, nesse ambiente, Francisca sentiu o chamado para a vida religiosa. Aos 18 anos de idade entrou no noviciado e teve como mestra de noviças a madre Rita Dolores. Irmã Francisca fez seus votos perpétuos em 1910 e, nessa ocasião, tomou o nome de Irmã Francisca do Sagrado Coração de Jesus. Desempenhou o papel de mestra e de professora das meninas do colégio. Por ter passado pela experiência de ser órfã, tinha particular cuidado com as meninas mais pobres e órfãs. Diante da doença de sua antiga mestra de noviciado, Irmã Francisca se ofereceu para ser sua enfermeira particular na casa das Irmãs em Madrid. Com a guerra civil e a perseguição religiosa, as Irmãs tomaram a corajosa decisão de permanecer na cidade para cuidar das meninas órfãs. No dia 20 de julho de 1936 os revoltosos entraram no colégio derrubando as portas. Entraram efetuando disparos. As Irmãs, reunidas na capela em oração, se preparavam para o pior. Diante dos revolucionários, as irmãs pediram apenas que eles deixassem sair a Madre Rita e a Irmã Francisca, por causa da idade e da doença. Fingindo ajudar, eles permitiram que as irmãs saíssem e fossem conduzidas até um apartamento. Era uma armadilha. Logo em seguida arrastaram as duas irmãs e as levaram para a periferia de Madrid: numa estrada solitária, próximo a um cemitério, eles fuzilaram as duas pobres irmãs. Era o dia 20 de julho de 1936, por volta de 3 horas da tarde. Apenas em 1940 os cadáveres das irmãs puderam ser exumados e levados para a catedral de Madrid. Seus corpos, apesar dos anos, estavam intactos. Com a fama de santidade das duas irmãs, seus corpos foram transferidos para a capela da Congregação das Irmãs. Foram beatificadas no mesmo dia pelo Papa São João Paulo II, no dia 10 de maio de 1998.

Descubra outros santos clicando aqui
Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais